Benefícios

ASSOCIADOS INSTITUCIONAIS APDC 

Podem constituir-se como Associados Institucionais pessoas colectivas que desenvolvam a sua actividade nas áreas das comunicações, das tecnologias de informação e comunicação ou em áreas com ela relacionadas.

As jóias e quotas dos Associados Institucionais estão divididas em quatro escalões:
                      
(a) Escalão A: Jóia 500€ | Quota 2.500€
Serão integrados neste escalão as pessoas coletivas, de natureza empresarial, que tiverem no ano anterior um volume de vendas superior a 150 milhões de Euros ou entidades e organismos públicos com o mesmo volume de receitas.

(b) Escalão B: Jóia 250€ | Quota 1.500€
Serão integrados neste escalão as pessoas coletivas, de natureza empresarial, que tiverem no ano anterior um volume de vendas superior a 5 milhões de euros e inferior ou igual a 150 milhões de Euros ou entidades e organismos públicos com o mesmo volume de receitas.

(c) Escalão C: Jóia 100€ | Quota 500€
Serão integrados neste escalão as pessoas coletivas, de natureza empresarial, que tiverem no ano anterior um volume de vendas inferior ou igual a 5 milhões de Euros entidades e organismos públicos com o mesmo volume de receitas.

(c) Escalão D: Jóia 50€ | Quota 220€
Serão integrados neste escalão os empresários em nome individual bem como as pessoas coletivas de fins não lucrativos que não sejam entidades ou organismos públicos, e as startups (projetos empreendedores ou pessoas coletivas de natureza empresarial até três anos de constituição).
Na impossibilidade ou dificuldade de determinar o volume de receitas da entidade/organismo público, caberá à Direção da APDC determinar o Escalão concreto em que será integrado, tendo em consideração critérios como a dimensão, relevância ou o papel da entidade/organização em causa no mercado nacional.

Consulte Regulamento Interno de Associado

Política de Cancelamento Associado Institucional: até Março, será obrigatório o pagamento de 1/3 da quota anual; até Junho, terá de ser pago metade do valor; a partir de Julho é obrigatório o pagamento na totalidade.