Evento APDC

28.03
Outras iniciativas



Câmara apresenta estratégia e projetos concretos já implementados

APDC | Secção PO - Visita a Castelo Branco

Castelo Branco está a reforçar a sua estratégia de captação de investimentos. A aposta passa por se assumir cada vez mais como região privilegiada para a instalação de projetos de base tecnológica e para a criação de emprego qualificado, através da oferta de um conjunto de incentivos às empresas, desde as infraestruturas até à formação de recursos humanos. Para acelerar esta visão, garantindo investimentos sustentados e de longo-prazo, foi a primeira Autarquia do país a tornar-se Associada APDC e membro da Secção Portugal Outsourcing. 

No encontro promovido para mostrar todo o potencial da região, os apoios que disponibiliza e exemplos concretos de empresas já instaladas com sucesso, acaba de se realizar uma visita ao Concelho, onde participaram responsáveis de várias Associadas APDC, no âmbito da Secção Portugal Outsourcing.

Num almoço debate que decorreu em Castelo Branco, o Presidente da Câmara Municipal, Luís Santos Correia, destacou o trabalho que foi desenvolvido nos últimos três anos e que agora se retende ampliar, trazendo à região mais investimento de base tecnológica e mais emprego qualificado. O que permitirá captar e reter o talento que está a ser formado no Politécnico local.

Considerando Castelo Branco um "território dinâmico e inovador", o autarca destacou a importância da estratégia de criação de postos de trabalho desenvolvida, especialmente numa conjuntura de crise como a que se atravessou nos anos mais recentes. "Agora, queremos subir de patamar em termos de criação de emprego", acrescenta.

O foco é manter e criar postos de trabalho, "para contribuir para o desenvolvimento da economia local", numa estratégia que passa por estimular o empreendedorismo e a inovação e apoiar empresas e setores estratégicos de atividade. Assim como requalificar a cidade, tornando-a mais inteligente e com maior qualidade de vida, e apostar na cultura e no turismo como elementos diferenciadores. Temas como a especialização inteligente, tecnologia, cooperação internacional e apoio da C&T integram também esta estratégia. Onde a Câmara se posiciona como "como agente facilitador, com espaços e infraestruturas e incentivos fiscais", garante o autarca.

Para demonstrar o sucesso dos projetos já implantados na cidade, realizaram-se visitas às empresas com maior dimensão em termos de criação de emprego. Foi o caso da PT Contact, que tem em Castelo Branco dois Contact Centres da PT, detida pelos franceses da Altice. Juntas, empregam mais de 600 pessoas, numa aposta que passa pela parceria com a Câmara e com a Manpower e com a qual se pretende fixas pessoas no concelho.

Já o contact centre da SIBS Processos, que presta serviços outsourcing para empresas, nomeadamente da banda e telecomunicações, tem atualmente 319 pessoas. Mas esse número vai mais do que duplicar, uma vez que a autarquia está a construir um novo edifício para a empresa alargar atividades já este ano. Só em 2016 foram contratadas 105 pessoas.

No contact centre da Randstad, só se fala francês. É que o projeto presta serviços exclusivamente para a francesa SFR, do grupo Altice, onde está também a PT Portugal. Garantir pessoas com fluência na língua foi o desafio, mas a parceria com a Câmara, o IEFP local e o Politécnico garantiu o sucesso. Hoje, têm 185 colaboradores e 15 em formação, o que elevará em abril o total de empregos para mais de 200. Mais: é um call centre de referência na Altice, que tem uma parceria com a Randstad para a prestação em outsourcing destes serviços.

A visita à realidade empresarial de Castelo Branco passou ainda pelo CEI - Centro de Empresas Inovadoras. Tendo como missão apoiar empreendedores e empresas no processo de desenvolvimento efetivo das ideias de negócio, transformando-as em realidades empresariais sustentáveis, já apoiou quase quatro dezenas de projetos de base tecnológica, entre outros.  Muitos deles já com sucesso internacional, o que permite o desenvolvimento da região e da comunidade empreendedora.

Programa


Vai acontecer na APDC