Altice negoceia venda da voz internacional à Tofane Global

2018-03-12 A Altice iniciou negociações exclusivas com a Tofane Global, empresa de telecomunicações e digital sedeada em Paris, para a venda do negócio grossista de voz internacional em França, Portugal e República Dominicana, anunciou o grupo, que detém no mercado nacional a PT, em comunicado.

Este é mais um passo no sentido de vender os seus negócios considerados não core, para reduzir o nível de endividamento do grupo francês, liderado por Patrick Drahi, e reforçar a sua posição financeira.

Desde o ano passado que a Altice está a vender os seus ativo, como parte do seu programa de venda de ativos fora do core, depois de em novembro as suas ações recuarem significativamente, com o mercado a mostrar grande preocupação com o endividamento do grupo, da ordem dos 50 mil milhões de euros, e a fraca performance da subsidiária SFR em França, o seu maior mercado de atuação.

Logo em dezembro, chegou a acordo para a alienação do seu negócio de  In soluções empresarias de telecomunicações e operações de data center na Suíça à InfraVia Capital Partners. Está ainda à procura de um comprador para a rede que detém na República Dominicana e decidiu ainda fazer um spin-off da sua operação nos Estados, ao mesmo tempo que avançou com a reestruturação do negócio na Europa. Estará ainda a tentar vender as torres de comunicações que detém em França e em Portugal.

A Tofane foi criada em 2017 por Alexandre Pébereau, o antigo chief executive da Orange International Carriers, adianta o Financial Times.
 

2018-06-15 | Atualidade Nacional

Operação deverá ser chumbada pelo regulador


2018-06-15 | Atualidade Nacional

Para pagar o empréstimo obrigacionista


Oferta de gigante de comunicações é de 65 mil milhões de dólares


2018-06-14 | Breves do Sector

Para responder às necessidades das empresas dentro e fora do escritório


2018-06-14 | Breves do Sector

Com vasto conjunto de soluções IoT