Altice sobe lucros e ganha aposta nos EUA

2017-03-09 A Altice, holding do grupo de telecomunicações do milionário Patrick Drahi, conseguiu no quarto trimestre de 2016 subir os lucros, graças aos ganhos nos Estados Unidos. As vendas já crescem também em França e em Portugal.

No total do trimestre, as vendas subiram 2,7%, para 6,09 mil milhões de euros no quatro trimestre, enquanto o EBITDA se reforçou em 16%, para 2,29 mil milhões. São números que mostram que a operação da Altice nos Estados Unidos está a ter sucesso, tendo contribuído com mais de um terço das receitas e reduzindo a exposição do grupo ao competitivo mercado europeu. A rentabilidade do mercado americano subiu rapidamente, graças à redução de custos e aos ganhos de escala para melhorar a eficiência.

A Altice adquiriu a Cablevision Systems em junho do ano passado e a  Suddenlink Communications em dezembro de 2015 e procedeu à fusão de ambas, criando a Altice USA. Agora, está a explorar a preparação de uma oferta inicial de ações sobre uma posição minoritária nos seus ativos no país, para conseguir levantar fundos para financiar a sua expansão.

Na Europa, onde a concorrência abrandou, as receitas cresceram 0,6%, para 2,9 mil milhões de euros, depois de seis anos de quebras. Já nos EUA, subiram 5,8%, para 1,5 mil milhões de euros.

A forte performance no quarto trimestre de 2016 permitiu, segundo o CEO do grupo, Michel Combes, que fossem atingidas todas as metas definidas e provou que a estratégia definida está a dar resultados. “Todas as áreas de negócio estão agora prontas para um crescimento rentável. A nossa aposta nos conte+udos tem permitido aumentar e reter clientes”, referiu.

Para 2017, a Altice espera conseguiu um crescimento a um dígito no EBITDA ajustado, com reforço também das receitas, sustentadas nomeadamente pela estabilização no mercado francês, depois de anos de perdas.
 

2017-09-22 | Atualidade Nacional

Operador do serviço universal terá que aplicar novas regras já em outubro


2017-09-22 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão do regulador setorial


Poderia afetar 2 mil milhões de utilizadores à escala global


Objetivo é agilizar mudanças no mercado mundial


2017-09-19 | Breves do Sector

Parceria responde às mudanças no panorama de segurança


2017-09-19 | Breves do Sector

Para otimizar as suas aplicações e serviços