Apple com lucros e receitas recorde no 4º trimestre

2018-02-02 As vendas do iPhone X, lançado em novembro último, estão abaixo do esperado. O que levou a que a procura de iPhones tenha descido no 4º trimestre de 2017, face a igual período do ano anterior. Apesar disso, a Apple voltou a bater recordes de vendas e de lucros.

A época de Natal é tradicionalmente forte em vendas para a Apple. Em 2017 não foi assim. A marca da maçã vendeu 77,3 milhões de unidades de iPhones no 4º trimestre do ano, contra 78,3 milhões um ano antes. Também as vendas dos computadores Mac desceram 5% no trimestre, quanto os iPads subiram 1%.

No entanto, a gigante tecnológica voltou a bater recordes, graçasao facto dos novos aparelhos serem mais caros. Só o volume de negócios dos smartphones aumentou 13%, para cerca de 62 mil milhões de dólares. No total, as receitas alcançaram os 88,3 mil milhões de dólares, acima dos 78,4 mil milhões de um ano antes. E os lucros foram de 20,1 mil milhões.

"Estamos felizes por reportar o melhor trimestre da história da Apple”, referiu o seu CEO, Tim Cook, destacando que o iPhone X ultrapassou as expectativas e que a marca conseguiu alcançar um marco significativo com base instalada de dispositivos: 1,3 mil milhões em janeiro. O que representou um reforço de 30% em dois anos.
Para o atual trimestre, a Apple antecipa receitas entre 60 e 62 mil milhões de dólares, bem menos do que os 66 mil milhões que os analistas previam.
 

2018-02-16 | Atualidade Nacional

Empresa rno grupo de empresas com certificação


Impulsionada pelo crescimento exponencial da Oracle Cloud


Decisão final fica para os accionistas da empresa


2018-02-16 | Breves do Sector

Solução recorre à Internet das Coisas


2018-02-15 | Breves do Sector

Primeira estação televisiva no mundo com sistema de vídeo árbitro