Bruxelas quer acelerar implementação do 5G para ultrapassar a crise

2020-07-03 A Comissão Europeia que acelerar a implementação do 5G no espaço europeu, depois dos adiamentos provocados pela pandemia do COVID-19, defendendo que as novas infraestruturas moveis são essenciais para o desenvolvimento económico e social da União Europeia e para a recuperação a atual crise. Assim, avançou com um regulamento para facilitar esta transição.

Este regulamento permite a instalação de micro-células para a difusão do 5G, aumentando o potencial de cobertura com a nova rede móvel de alta velocidade e facilitando a transição para a nova vaga tecnológica. Em paralelo, mantém a posição de que os reguladores nacionais continuem a supervisionar e a liderar o lançamento comercial do 5G.

Trata-se, segundo o comissário europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton, de mais um passo para o 5G, que será "um pilar no desenvolvimento socioeconómico da Europa, pois possibilitarão novos serviços de saúde, energia, transporte, educação e muitas outras áreas. A sua importância é ainda mais evidente hoje, pois desempenhará um papel fundamental em recuperação da crise do coronavírus".

Em comunicado da CE, adianta ainda que, em conjunto com os estados-membros, é preciso "abrir caminho para a implementação oportuna do 5G, sem barreiras administrativas restritivas. O que conduzirá uma procura significativa pela indústria, alavancando a inovação e a competitividade europeias".


Fortuna pessoal já ultrapassa os 100 mil milhões de dólares


Por temer reforço da posição na publicidade online da tecnológica


Foi a única fabricante a subir vendas dos smartphones


Gigante prepara operação para a maior procura até final do ano


Gigante tem 3,14 mil milhões de utilizadores mensais nas suas plataformas


Apesar das vendas terem recuado pela 1ª vez em 16 anos


Tecnológica fatura 128 milhões de euros anualmente


Depois de Donald Trump ter admitido proibir a operação da rede social no país


Big tech foram inquiridas sobre as suas práticas no mercado