CE multa Google em 2,4 mil milhões de euros

2017-06-27 Já se antecipava que a Comissão Europeia multaria a Google num valor recorde por abuso de posição dominante. Mas a coima que acaba de ser anunciada, de 2,42 mil milhões de euros, é muito acima dos 1,1 mil milhões previstos.  A gigante já reagiu, discordando da decisão, e vai analisar um possível recurso.

Em causa está o abuso de posição dominante como motor de busca, ao sistematicamente favorecer o seu serviço de comparação de compras nas pesquisas realizadas pelos utilizadores, avança a Comissão Europeia em comunicado.

Ao mais popular motor de busca em todo o mundo foi dado um prazo de 90 dias para por um fim nas suas práticas anti-concorrenciais, sob pena de enfrentar pagamentos adicionais de até 5% do volume de negócios diário médio da Alphabet, a empresa-mãe do Google.

Até agora, a multa mais alta que tinha sido aplicada pela CE tinha sido de 1,06 mil milhões à Intel, em 2009. A UE abriu esta investigação à Google em 2010. E está ainda a investigar o sistema operativo Android e o serviço de publicidade online AdSense. Esta investigação de sete anos surgiu na sequência de uma série de reclamações de concorrentes da Google, como a Yelp, TripAdvisor, Foundem, News Corp e FairSearch.

A Google já reagiu. Em comunicado, Kent Walker, SVP and General Counsel da gigante comentando a decisão da CE sobre o Google Shopping, refere: "quando faz compras online, deseja encontrar os produtos que procura de uma forma rápida e fácil.  E os anunciantes querem promover esses mesmos produtos. É por isso que o Google mostra anúncios de shopping, ligando os nossos utilizadores a milhares de anunciantes, grandes e pequenos, de formas que são úteis para ambos. Discordamos respeitosamente das conclusões hoje anunciadas. Vamos analisar detalhadamente a decisão da CE, ao mesmo tempo que consideramos um recurso e apresentar a nossa argumentação”.

2017-09-22 | Atualidade Nacional

Operador do serviço universal terá que aplicar novas regras já em outubro


2017-09-22 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão do regulador setorial


Poderia afetar 2 mil milhões de utilizadores à escala global


Objetivo é agilizar mudanças no mercado mundial


2017-09-19 | Breves do Sector

Parceria responde às mudanças no panorama de segurança


2017-09-19 | Breves do Sector

Para otimizar as suas aplicações e serviços