Consórcio liderado pelo SoftBank compra mais de 17% da Uber

2018-01-02 Um consórcio liderado pelo grupo japonês SoftBank chegou a acordo para a compra de mais de 17% da Uber, num investimento estimado em 9 mil milhões de dólares (cerca de 7,5 mil milhões de euros). O negócio só foi possível depois dos acionistas da plataforma online ter aceitado vender as ações a um preço com desconto.

Segundo o Financial Times, o acordo representa uma grande vitória para o novo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, esperando-se mudanças ao nível da gestão, que consolidarão o seu controlo sobre a plataforma de transportes. O negócio deverá ficar concluído durante o mês de janeiro.

"Temos uma enorme confiança na liderança e funcionários da Uber e estamos entusiasmados por podermos apoiar a empresa, que continua a reinventar a forma como pessoas e bens são transportados pelo mundo", afirmou Rajeev Misra, presidente executivo do SoftBank Vision Fun.

Nos termos do acordo, o SoftBank pagará cerca de 7,7 mil milhões de dólares por 15% das ações da Uber, comprando uma combinação de ações novas e existentes, e vai nomear administradores para dois novos lugares no conselho de administração da Uber. Já os demais membros do consórcio, como a Dragoneer, Tencent, TPG e Sequoia, investirão em conjunto cerca de mil milhões de dólares e terão 2,5% da Ube, elevando assim a operação para cerca de 17,5% do capital.

2018-10-12 | Atualidade Nacional

Para dar resposta ao crescimento registado na operação


2018-10-11 | Atualidade Nacional

Através de protocolo de colaboração com UA


Pela primeira vez, segundo dados da Gartner


2018-10-10 | Breves do Sector

Com arquitetura AMD Ryzen Pro e desempenho de uma workstation