Facebook lança concorrente ao TikTok e Zuckerberg fica mais rico

2020-08-07 O Facebook lançou na sua plataforma Instagram o Reels, uma nova funcionalidade que permite a criação de vídeos curtos, que vai concorrer diretamente com o TikTok. Numa altura em que as pressões de Washington sobre a famosa aplicação chinesa estão a rubro, o resultado foi uma valorização exponencial da tecnológica. Resultado: o seu fundador, Mark Zuckerberg, viu a sua fortuna superar os 100 mil milhões de dólares, juntando-se a Jeff Bezos e Bill Gates.

Com a ordem executiva de Trump a suspender as transações com a dona da TikTok e a dona da WeChat dentro de 45 dias, as ações do Facebook subiram mais de 6% e Zuckerberg, que detém 13% da gigante, juntou-se ao grupo conhecido por "centimilionários", onde já está o dono da Amazon, Jeff Bezos, e o fundador da Microsoft, Bill Gates.

A pandemia tem sido benéfica para os donos das gigantes tecnológicas. Só este ano, Zuckerberg já viu a sua fortuna crescer 22 mil milhões de dólares e Bezos acrescentou mais de 75 mil milhões de dólares à sua fortuna pessoal.

Em análise estão ainda as práticas de publicidade da gigante


Bruxelas prepara pacote para o setor financeiro


Inspirado nos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU


Presidente rotativo garante que grupo vai continuar a investir


Para trazer para o mercado arquiteturas e serviços de última geração


Nova área promete criar modelo rápido de migração para a cloud


Bruxelas quer tornar todas as aplicações públicas mais acessíveis em 2021


Lei dos Serviços Digitais deverá ser anunciada até final do ano


De acordo com estudo publicado pela CE sobre o potencial da transformação para a economia


Bruxelas quer mais investimentos e mais coordenação na Europa