Fox sobe oferta pela Sky para 32 mil milhões

2018-07-11 A Fox acaba de elevar a sua proposta de compra da Sky para garantir que fica com a totalidade do capital da gigante de pay-tv europeia, onde detém já 39%. Oferece agora 32,5 mil milhões de dólares, bem acima do que o gigante de media norte-americano Comcast propôs, de 22 mil milhões, e quanto esta se preparava também para subir a sua oferta para 31 mil milhões. A Fox avançou também pouco antes do governo britânico anunciar a sua decisão sobre o takeover da Fox sobre a Sky, depois de meses de escrutínio regulatório.

Este e um episódio da guerra que ambas travam e que é mais vasta. A batalha pela Sky trava-se no âmbito de uma "guerra" mais alargada. A Comcast tem disputado com a Walt Disney o controlo da 21st Century Fox, o portefólio de entretenimento da Fox, do qual a Sky é apenas uma pequena parte. Se a operação for concluída com sucesso, a Fox passará a ter o controlo total da Sky, em vez da atual participação de 39%.

“Como acionista fundador da Sky, estamos empenhados em juntar as duas organizações para criar um negócio de âmbito mundial, posicionado para a oferta das melhores experiências de entretenimento. Acreditamos que a combinação entre a 21st Century Fox e a Sky será um poderoso driver para um contínuo crescimento no Reino Unido e nas industrias criativas mundiais. O aumento de escala e de capacidades que resultará desta combinação permitirá reforçar a Ski e garantir a sua missão nos próximos anos, especialmente numa altura de mudança dinâmica da nossa indústria, refere um comunicado da empresa de Rupert Murdoch.

A Sky opera no Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Áustria e Itália. E o seu board aprovou a oferta da Fox de aquisição da companhia antes desta a anunciar. Mas quando a Comcast avançou, em abril, com uma oferta superior, a bênção foi retirada. Agora, resta saber se a Comcast reforçará sua oferta ainda mais, para superar a da rival.

A batalha pela Sky entre a Fox e a Comcast inserem-se numa ‘guerra’ ainda maior, travada entre a Comcast e a Disney por uma fatia dos ativos de entretenimento da Fox. A participação de 39% que a Fox detém na Sky será uma parte dessa fatia. E ambas vêm a gigante de tv paga europeia como um dos ativos mais valiosos do acordo.

No mercado, especula-se que se, caso a Disney vença a ‘guerra’ pelos ativos de entretenimento da Fox, a Comcast não vá redobrar os esforços para ficar com a Sky, que será um ativo internacional muito relevante para a gigante norte-americana.

O Governo britânico deverá pronunciar-se até esta quinta-feira sobre a oferta da Fox sobre a Sky, o maior operador de tv paga daquele mercado, sendo que no mês passado já tinha avançado estar inclinado para dar luz-verde ao negócio, com a Fox, para assegurar o futuro e a independência do operador e de ofertas como o respeitado canal Sky New, desde que não prejudicasse a pluralidade dos media britânicos. E já tinha dado autorização à proposta da Comacst sobre a Sky, considerando que não coloca preocupações sobre o interesse publico.
 
 
 

2018-09-21 | Atualidade Nacional

Para reforçar capacidade de resposta do Centro de Excelência Outsystems


Para resolver disputa entre Comcast e Fox, que dura há quase 2 anos


Preço base de licitação será de apenas 30 milhões de euros


2018-09-18 | Breves do Sector

Com utilização de nova tecnologia de Metal Jet


2018-09-18 | Breves do Sector

Solução de processo de compra inteligente