Grupo Vodafone passa de perdas a lucros

2017-11-14 A gigante britânica Vodafone registou lucros de 1,2 mil milhões de euros no primeiro semestre fiscal, que terminou em setembro. Um ano antes, tinha apresentado prejuízos de mais de cinco mil milhões de euros. Já as receitas recuaram 4,1% no semestre, para 23.075 milhões de euros.

Segundo o presidente executivo do grupo, Vittorio Colao, as receitas orgânicas do grupo cresceram na maioria dos mercados onde está presente, nomeadamente no setor empresarial. No entanto, a concorrência na Índia é intensa, apesar dos sinais positivos, com a consolidação de pequenos operadores. O grupo aguarda ainda a aprovação pelos reguladores da sua fusão com a Idea Cellular, anunciada a 20 de março. A subsidiária indiana está excluída dos números do grupo.

Ao mesmo tempo que implementa iniciativas estratégicas, incluindo a expansão da infraestrutura de fibra na Alemanha, Portugal e Reino Unido, a Vodafone alerta para os fatores de risco à atividade, como a ameaça cibernética e a segurança da informação, que podem dificultar os seus serviços aos clientes.

O aumento da concorrência no fornecimento de novas tecnologias e as mudanças das condições económicas globais também poderão afetar a operação. Tal como o 'Brexit', onde conta com uma equipa cuja missão é identificar os possíveis impactos que esta saída poderá ter na empresa.

2017-11-22 | Atualidade Nacional

Cláudia Goya passa a chairman e Paulo Neves sai do grupo


2017-11-20 | Atualidade Nacional

Operador não aceita nem compreende posição


Vão disponibilizar serviço gratuito a consumidores e PME


2017-11-17 | Breves do Sector

Altice faz acordo a nível europeu