Huawei responde à Google: é parceiro chave do Android

2019-05-20 A gigante Huawei diz ser um parceiro chave do Android e garante que continuará a atualizar os seus equipamentos com o sistema operativo, para o qual fez “contribuições substanciais”. É assim que o grupo chinês responde à decisão da Google de suspender todos os negócios com a marca.

Assim, a Huawei assegura que, tendo feito “contribuições substanciais” para o desenvolvimento do sistema operativo Android, sendo um dos seus parceiros chave globais, garante que continuará a disponibilizar atualizações de segurança e serviços pós-venda a todos os seus equipamentos. Explica ainda que trabalhou com a sua plataforma de código aberto para desenvolver um ecossistema que beneficiou tanto os utilizadores como a indústria.

Mas a decisão tomada pela Google, três dias depois da ordem executiva de Trump, poderá ter consequências pesadas no grupo chinês e até mercar profundamente o mercado mundial de smartphones. Segundo a Reuters, a Huawei poderá deixar de ter acesso ao projeto AOSP (Android Open Source Project), deixando de utilizar as aplicações da Google em todos os seus dispositivos Android, como a Play Store, Gmail, Chrome, YouTube ou Google Maps.
 

2019-09-13 | Atualidade Nacional

Roadshow internacional do grupo vai passar pelo mercado nacional


2019-09-12 | Atualidade Nacional

Regulador e operador avançam como comunicados e acusações


Pelas suas práticas na área da publicidade


Para pôr fim a um processo de fuga aos impostos


2019-09-12 | Breves do Sector

Com uma experiência de gaming única


2019-09-12 | Breves do Sector

Tecnologia de comunicação NarrowBand-IoT permite recolha de dados de consumo