Huawei ultrapassa Apple na venda de smartphones

2018-08-01 A Huawei conseguiu ultrapassar a Apple na venda mundial de smartphones no segundo trimestre deste ano. Pela primeira vez na sua história, ficou na segunda posição do ranking, em termos de quota de mercado, segundo dados da IDC, evidenciando que as marcas chinesas estão a ameaçar cada vez mais o domínio da Samsung e da Apple.

Entre abril e junho, a Huawei vendeu 54,2 milhões de dispositivos, mais 41% que um ano antes, ultrapassando a marca da maçã e ficando com a segunda posição no ranking mundial. A sua quota de mercado fixou-se em 16%, quando a Apple se ficou pelos 12%. Já a Samsung, que manteve a liderança, contabilizou 21% de quota. Duas outras marcas chinesas, Xiaomi e Oppo, estão no top five, o que mostra que estas fabricantes estão a ganhar influência, à medida que o seu mercado doméstico cresce e se expandem para outros países.

A Huawei tem reforçado a sua presença na Europa e em África, mas tem falhado na entrada do gigantesco mercado norte-americano. Esta foi a primeira vez em sete anos que a Samsung e a Apple não ocuparam as duas primeiras posições mundiais. Mas o segundo trimestre do ano é, tradicionalmente, um período fraco para a Apple. A gigante costuma lançar nodos iPhones mais para final do ano, o que tem feito sempre as vendas voltarem a subir.

Globalmente, o mercado de smartphones continua a desacelerar. As vendas recuaram 1,8% no trimestre, para um total de 342 milhões de unidades. E no ano passado, pelas contas da IDC, as vendas caíram 0,3%, sendo a primeira queda depois de anos de forte crescimento.

2018-12-12 | Atualidade Nacional

Como umd os maiores parceiros mundiais


2018-12-12 | Atualidade Nacional

2ª Conferência do Fórum Permanente para as Competências Digitais


Novas regras reforçam segurança no digital


Deverá ser uma das maiores operações de sempre


2018-12-12 | Breves do Sector

Empresa será uma subsidiária da plataforma


2018-12-12 | Breves do Sector

Para distinguir propostas tecnológicas inovadoras e disruptivas