Líder da Amazon é o homem mais rico do mundo

2018-03-07 Jeff Bezos ultrapassou Bill Gates como o homem mais rico do mundo. Num ano, a sua fortuna cresceu 39 mil milhões de dólares, para 112 mil milhões. O líder da Amazon colocou assim o co-fundador da Microsoft em segundo lugar, com 90 mil milhões de fortuna. O também norte-americano Warren Buffett, com uma fortuna de 84 mil milhões de dólares, ficou na 3ª posição, de acordo com o ranking anual de 2018 dos bilionários da revista Forbes.

Sendo a pessoa mais rica do planeta, Bezos viu as ações da gigante de comércio eletrónico subirem 59% num ano, o que ajudou a aumentar a sua fortuna de forma substancial. Foi a maior subida registada num ano neste ranking, deste que a Forbes o disponibiliza, em 1987, facilmente ultrapassando Bill Gates, que desde 1995 só foi ultrapassado 6 vezes como o mais rico do mundo. O criador e líder do Facebook surge na 5ª posição: Mark Zuckerberg tem uma fortuna avaliada em 78 mil milhões de dólares.

Segundo a Forbes, o gap entre os realmente ricos e os apenas ricos continua a aumentar, à medida que as suas fortunas batem novos máximos. No mais recente ranking, há um total de recorde de 2,208 bilionários. Juntos, valem 9,1 mil milhões de dólares mais 18% que um ano antes. Só os 20 mais ricos têm 1,2 mil milhões.

A revista destaca o facto de dois empreendedores tecnológicos chineses estarem pela primeira vez entre os 20 mais ricos. Ma Huateng é o mais rico Ásia, graças à Tencent e ao WeChat, uma pp de social-messaging com mais de mil milhões de utilizadores ativos. A Tencent tem ainda parte do capital da Tesla, Snapchat e Spotify. Jack Ma, o 20º mais rico do mundo, lidera a gigante de comércio eletrónico Alibaba, cujas ações subiram 76% num ano.

Embora os Estados Unidos tenham mais bilionários do que qualquer outro país – um total de 585, a China está a crescer substancialmente, tendo já 476. A lista deste ano incluiu bilionários de 72 países e territórios, incluindo pela primeira vez a Hungria e o Zimbabwe.

E enquanto a vasta maioria dos bilionários viram descer as respetivas fortunas, cerca de 16% desceram. Um dos perdedores foi o presidente dos Estados Unidos. Donald Trump viu a sua fortuna recuar 400 milhões num ano, para 3,1 mil milhões de dólares, o que o colocou em 766º lugar. Há um ano, estava em 544ª.
 
 

2018-06-15 | Atualidade Nacional

Operação deverá ser chumbada pelo regulador


2018-06-15 | Atualidade Nacional

Para pagar o empréstimo obrigacionista


Oferta de gigante de comunicações é de 65 mil milhões de dólares


2018-06-14 | Breves do Sector

Para responder às necessidades das empresas dentro e fora do escritório


2018-06-14 | Breves do Sector

Com vasto conjunto de soluções IoT