Microsoft no top 5 dos fabricantes de PC’s nos EUA

2018-10-12 Graças à sua linha de computadores, laptips e tablets Surface, a Microsoft passou a integrar, pela primeira vez, o ranking dos cinco maiores vendedores de PC’s nos Estados Unidos. Os dados são da Gartner e referem-se ao terceiro trimestre do ano, com a gigante a ultrapassar a Acer, ficando com 4,1% do mercado.

A notícia surge uma semana depois da Microsoft ter anunciado o lançamento de três novas ofertas: o Surface Laptop 2, Surface Pro 6 e o Surface Studio 2.

O mercado de PC’s tem mostrado alguns movimentos inesperados este ano. No segundo trimestre do ano, as vendas globais subiram pela primeira vez em seis ano. Mas já neste terceiro trimestre, a tendência foi diferente. A Gartner estima que as vendas mundiais tenham crescido apenas 0,1%, para 67,2 milhões de unidades e a IDC diz que recuaram 0,9%, para 67,4 milhões. O ranking da Gartner colocava como o top 5 mundial a Lenovo, HP, Dell, Apple e Acer, enquanto o da IDC ficou com uma ordem diferente: Lenovo, HP, Dell, Acer e Apple.

Os dados da Gartner para os EUA no 3º trimestre mostram agora pela primeira vez a Microsoft no top 5, ficando a Acer em 6º. Mas a Microsoft ainda está muito longe da quota das suas rivais e as vendas subiram apenas 0,1%, para pouco mais de 11 mil unidades. A receita gerada por esta linha de equipamentos cresceu cerca de 25%, para os 1,1 mil milhões de dólares no trimestre.

No ranking dos EUA, a líder HP ficou com uma quota de 30,7% do mercado, seguida da Dell com 35,9%, da Lenovo com 15,4% e da Apple com 13,7%.
 

2018-11-09 | Atualidade Nacional

Terminou mais uma edição do maior encontro europeu de inovação e empreendedorismo


2018-11-09 | Atualidade Nacional

No âmbito do acordo a 10 anos assinado em outubro


Negócio deverá estar concluído no 1º semestre de 2019


Para financiar investimento em startups tecnológicas


2018-11-12 | Breves do Sector

Parceria para o segmento empresarial


2018-11-05 | Breves do Sector

Grupo é parceiro tecnológico do evento pelo 3º ano consecutivo