Multa da CE impacta lucros da Alphabet mas receitas sobem

2017-07-25 A gigante tecnológica Alphabet, empresa-mãe da Google e Youtube, viu os lucros serem impactados no segundo trimestre do ano pela multa recorde da Comissão Europeia (CE). Mas as receitas ficaram acima das previsões do mercado.

A Alphabet, que veio substituir a Google em bolsa, no âmbito da nova estrutura operacional do grupo e que detém a 100% a Google, registou um resultado líquido foi de 3,5 mil milhões de dólares, contra 4,9 mil milhões no período homólogo do ano passado.

O que a tecnológica justifica pela multa recente que Bruxelas lhe impôs, de 2,7 mil milhões. Sem esta multa, teria obtido lucros operacionais de 6,87 mil milhões de dólares, mais 15% que em igual período do ano anterior.

Já as receitas foram de 26 mil milhões de dólares, um aumento de 21% face aos 21,5 mil milhões obtidos um ano antes. O negócio da publicidade, construído à volta da Google, Android e YouTube, continua a representar a vasta maioria das suas receitas e todo o lucro. A companhia, apesar do seu tamanho massivo, continua a registar crescimentos de dois dígitos

"Estamos a registar um forte crescimento e vamos continuar focados em novas áreas de receitas", garante Ruth Porat, chief financial officer da Alphabet. Nomeadamente na área dos esforços que a Google está a fazer no hardware, vista como uma das principais fontes de crescimento de novas receitas.

2018-02-19 | Atualidade Nacional

No âmbito da investigação e desenvolvimento


2018-02-19 | Atualidade Nacional

1ª de uma rede para apoiar a indústria 4.0


Impulsionada pelo crescimento exponencial da Oracle Cloud


Decisão final fica para os accionistas da empresa


2018-02-19 | Breves do Sector

Para fornecedores de serviços de segurança geridos


2018-02-16 | Breves do Sector

Solução recorre à Internet das Coisas