TIC empregam 8,2 milhões de pessoas na UE

2017-07-20 Há mais de oito milhões de pessoas na Europa a trabalharem como especialistas de tecnologias de informação e comunicação, sendo 83,3% homens. Os números são do Eurostat e referem-se a 2016. Reino Unido, Alemanha e França empregavam mais de metade dos profissionais desta área, mas era a Suécia e a Finlândia que lideravam em termos de percentagem de especialistas TIC no total da população empregada. Portugal está entre os países que empregam menos pessoas.

Dentro do espaço comunitário, o número de profissionais TIC passou de 6,38 milhões, o equivalente a 3% da população que trabalhava em 2011, para 8,21 milhões, representando 3,7% do total do emprego. O organismo de estatísticas europeu adianta que esta é uma área onde a procura continua a aumentar: 41% das empresas que empregam ou procuram profissionais nesta área tem dificuldades em fazê-lo.

No ano passado, apenas três estados membros representavam mais de metade dos especialistas TIC empregados no espaço comunitário. O Reino Unido liderada, com 1,6 milhões (5,1% da população empregada), seguido da Alemanha, com 1,54 milhões de profissionais TIC (3,7% da força de trabalho) e da França, com um milhão de pessoas, representando 3,8% da força de trabalho.

Entre os países mais orientados para as TIC, destacam-se a Finlândia e a Suécia, com 6,6% e 6,3% da sua força de trabalho nesta área das TIC. Do lado oposto, a Grécia tinha apenas 1,4% e a Roménia 2%, sendo os países com as mais baixas taxas de especialistas TIC. Portugal também é um dos países europeus com menos empregos nas TIC. Apenas 2,4% dos empregos totais eram no ano passado na área das TIC, no equivalente a 108,8 mil pessoas.

Malta, Islândia e Chipre ocupam o fim da tabela com 7,1 mil, 7,7 mil e 7,9 mil empregos nas TIC, respetivamente.

2017-12-11 | Atualidade Nacional

Deloitte divulga Technology Fast 500TM EMEA 2017


2017-12-11 | Atualidade Nacional

Ofertas suportadas em fibra são as que mais crescem


Disponibilizando a plataforma de computação HPE Superdome Flex in-memory


Para pagar 13 mil milhões de euros em impostos devidos


2017-12-11 | Breves do Sector

Para uma gestão multi-cloud


2017-12-11 | Breves do Sector

É o primeiro operador a disponibilizar o serviço