Twitter chega finalmente aos lucros

2019-02-08 2018 foi o primeiro ano de lucros do Twitter. E as receitas e lucros alcançaram um valor recorde no quarto trimestre do ano. Apesar disso, a rede social está a perder utilizadores há três trimestres consecutivos, impactada pela estratégia de redução dos discursos de ódio na plataforma e a limpeza de perfis falsos e contas automatizadas para disseminação de propaganda.

O quarto trimestre do ano passado foi o melhor trimestre de sempre da plataforma, que alcançou lucros recorde de 255,3 milhões de dólares, com uma subida homóloga de 180%, e receitas de 908,8 milhões, mais 24% para 908,8 milhões. Muito graças ao aumento do investimento em publicidade-

A empresa revelou ainda, pela primeira vez, o número médio de utilizadores diários da rede social: cerca de 126 milhões de pessoas usam a plataforma diariamente. Um valor bem abaixo dos concorrentes Facebook, com 1,52 mil milhões de utilizadores diários, e do Snapchat, com 186 milhões.

Muito por culpa da estratégia de excluir milhões de contas, depois de ter enfrentado críticas de que estava a ser usada como uma plataforma de manipulação política e discurso de ódio, a rede social registou uma redução substancial do número de utilizadores mensais. Passaram de 326 milhões no terceiro trimestre para 321 milhões no quarto trimestre. Um ano antes, tinha 330 milhões. A companhia adiantou, entretanto, que vai deixar de divulgar o número de utilizadores ativos mensais, o que até agora nunca tinha acontecido.

O mercado está preocupado com as previsões para os +próximos trimestres, uma vez que o Twitter espera que as despesas operacionais aumentem cerca de 20% , com os esforços para melhorar o serviço.
 

2019-04-18 | Atualidade Nacional

Na sequência da posição tomada pelo regulador


2019-04-18 | Atualidade Nacional

Anacom ficará com responsabilidade sobre o serviço informativo 118


Rede social estreia-se hoje na Wall Street


Suíça é o primeiro país da Europa a disponibilizar serviços


2019-04-15 | Breves do Sector

Sistema de gestão de tráfego aéreo não tripulado poderá reduzir as emissões de CO2 até 25%


2019-04-10 | Breves do Sector

Através da automatização de processos nos vários setores industriais