Vivendi quer controlar Telecom Itália e Mediaset

2017-04-20 A Vivendi está a ponderar avançar com ações legais contra a decisão do regulador italiano AGCOM. Este impôs-lhe vender ou a posição que detém na Telecom Italia ou a que detém na Mediaset nos próximos 12 meses, para garantir pluralismo nos media e evitar a criação de posições dominantes.

A Autorità per le Garanzie nelle Comunicazioni (AGCOM) conduziu uma investigação sobre a influência da Vivendi nas duas companhias italianas e concluiu que as posições que detém violam a lei italiana.

Embora já se esperasse este tipo de decisão, a Vivendi mostrou-se surpreendida. “É indiscutível que a Vivendi nem controla nem exerce uma influência dominante na Mediaset, que é controlada numa base exclusiva pela Fininvest, que tem uma posição perto dos 40%,” refere o grupo em comunicado. A Vivendi tem cerca de 29% da Mediaset.

“A "Vivendi reserva-se ao direito de tomar as apropriadas ações legais para defender os seus interesses, incluindo recorrer da decisão da AGCOM para o Tribunal Regional Administrativo e apresentar uma queixa formam na Comissão Europeia por não cumprimento da legislação comunitária”, adianta o comunicado.

A Vivendi é o maior acionista da Telecom Italia, com uma fatia de 23.94% do capital, onde apresentou recentemente uma lista de candidatos à administração. Adivinha-se também aqui tensões, tendo em conta que há recomendações para que os acionistas não votem nesta lista, onde o atual presidente da Telecom Itália surge em 4º lugar, o que indica que o conglomerado francês de media o quer substituir. A decisão será tomada a 4 de maio, em assembleia geral, e o novo líder será selecionado um dia depois.

Nos últimos anos, a Vivendi tem tentado aumentar a sua influência nas telecomunicações. E já terá mesmo informado a CE que poderá passar a controlar de facto a Telecom Italia, aumentando a sua representatividade na administração.
 

2017-04-26 | Atualidade Nacional

Anacom apresenta estudo realizado de 2 em2 anos


2017-04-24 | Atualidade Nacional

De acordo com o Randstad Employer Brand Award 2017


Divulgando novas soluções para evoluir para fábrica inteligente


Plataforma comprada pela Microsoft em 2016


2017-04-20 | Breves do Sector

Nova valência em teste na carreira 15E