Vodafone reposiciona-se globalmente: Ready?

2017-10-09 A Vodafone tem desde 6 de outubro uma nova estratégia de comunicação global de marca. O reposicionamento materializa-se numa nova assinatura - ‘O futuro é incrível. Ready?’, numa identidade visual e gráfica renovada e num processo transformacional tanto a nível externo como interno. Este reposicionamento global visa mostrar o otimismo do grupo face ao futuro e posiciona-o na vanguarda da transformação tecnológica. Será a maior campanha publicitária na vida da gigante britânica.

Este reposicionamento – o primeiro desde a introdução de ‘Power to you’ em 2009 – é transversal aos 36 mercados onde está presente a marca Vodafone, e acompanha o espírito que tem marcado a sua atuação: o de uma empresa sempre à frente do seu tempo, como explica a Vodafone Portugal em comunicado. Pretende-se posicionar a marca como o parceiro ideal para que as pessoas e as empresas consigam abraçar, e
integrar no seu dia-a-dia, as inovações que advêm da tecnologia.

O novo claim ‘O Futuro é Incrível. Ready?’ é “uma declaração de intenções assumidamente orientada para as infinitas possibilidades que o futuro traz, não só no que diz respeito às novas tecnologias, mas sobretudo na forma como estas vão moldar positivamente o mundo e melhorar a vida das pessoas”, adianta o comunicado.

“Queremos que as pessoas sintam que a Vodafone estará sempre na vanguarda da transformação tecnológica. E, independentemente do que acontecer individualmente na vida de cada um ou globalmente no mundo, a Vodafone estará ao lado dos seus clientes e Parceiros para que, ao ritmo de cada um, tirem o maior partido das novas tecnologias. Num mundo cada vez mais repleto de incertezas e desafios, mais do que uma pergunta, ‘Ready?’ é um convite para que as pessoas façam esta viagem de transformação com a Vodafone”, reforça Leonor Dias, Diretora de Marca da Vodafone Portugal.

A campanha que suporta este reposicionamento arrancou na sexta-feira, 6 de outubro, e traduz-se na maior campanha publicitária de televisão de sempre nos 33 anos de história do grupo.  O filme centra-se na importância da comunicação ao longo da história da humanidade, desde os tempos pré-históricos. A par disso, antecipa aquilo que poderá vir a ser o futuro das tecnologias, procurando transmitir a essência da Vodafone: encurtar tempo e distâncias, ajudando as pessoas a tirarem o maior partido do presente e construírem um futuro melhor.

Produzido pela conceituada produtora do cineasta Ridley Scott, em Portugal o filme conta também com cenas captadas em Lisboa e no Porto, sob direção do realizador Enrique Escamilla e produção da Garage Filmes. No que diz respeito aos suportes impressos e digitais, o elemento gráfico principal de todos os materiais passará a ser o contorno da aspa (speech mark) sobreposto nas imagens. O logotipo também foi redesenhado pela primeira vez em 12 anos, substituindo-se a versão 3D por uma versão 2D – forte, simples e direta. A música que suporta a campanha televisiva no nosso país – e que passará a ser o novo tema da Vodafone Portugal – intitula-se ‘Ready to Move On’ e é da autoria do músico português Riic Wolf, que a produziu especialmente para o reposicionamento da marca no nosso país.

A estratégia global de reposicionamento foi desenvolvida numa fortíssima colaboração entre todos os mercados onde a empresa atua, num total de 36 países. Para o efeito foram entrevistados mais de 17 mil consumidores, em dez países diferentes. Tudo isto, num trabalho conjunto das agências do Grupo WWP, em Portugal representadas pela JWT e MEC.

No ano em que a Vodafone Portugal celebra o seu 25.º aniversário, a nova estratégia de comunicação é acompanhada também a nível interno. O envolvimento dos colaboradores e a sua ligação emotiva à Vodafone acentuam-se ainda mais agora, num alinhamento total com o reposicionamento da marca, passando a partilhar as histórias reais dos seus colaboradores. Estas dão a conhecer projetos e conquistas pessoais, que espelham como é trabalhar numa Empresa que disponibiliza a sua tecnologia e conhecimento para criar um impacto positivo na sociedade.

Assim, o Employee Value Proposition (EVP) da Vodafone assume quatro novos pilares de atuação, que definem a identidade da Empresa e a sua visão para o futuro:  Ready to shape the future (antecipar as necessidades e as tendências num mundo aceleradamente digital, com todas as transformações que isso implica no mundo laboral; criar novas funções, desenvolver novas competências e novas formas de trabalhar); Ready to connect for good (apostar em projetos que colocam a tecnologia ao serviço da comunidade, transformando a vida das pessoas e melhorando o seu bem-estar);  Ready to be at my best (investir no desenvolvimento e valorização contínua dos colaboradores, proporcionando-lhes várias ferramentas e oportunidades, que podem ser exploradas à medida da ambição de cada um); e Ready to be myself and belong (trabalhar para ser uma Empresa cada vez mais inclusiva, que celebra a diversidade presente na sociedade nos seus mais diversos quadrantes. A Vodafone é um espaço onde todos têm lugar e onde podem desenvolver-se profissionalmente, independentemente da sua idade, género, orientação sexual e circunstâncias pessoais”.

“A Vodafone é uma das marcas mais admiradas em Portugal. E isso tem sido possível porque os nossos Colaboradores conseguem viver os valores da Marca a partir de dentro. Nesse sentido, é vital adotarmos os seus princípios de uma forma transversal.”, acrescenta Luísa Pestana, Diretora de Recursos Humanos da Vodafone Portugal.

Para sustentar o seu reposicionamento, a Vodafone consultou futurologistas de vários países diferentes para identificarem as dez principais tendências emergentes que poderão transformar vidas e negócios até ao final da década de 2030.  Habitações impressas em 3D, equipadas com móveis em 4D que poderão reconfigurar-se para responder às necessidades das nossas casas; intervenções cirúrgicas novas e personalizadas, tais como transplante de órgãos impressos em 3D; utilização de sensores conectados (IoT) na agricultura, levando a um aumento da produção alimentar; ou o avanço da Inteligência Artificial, com as máquinas a apoiar cada vez mais a inteligência humana, são alguns dos avanços tecnológicos que o painel consultado antecipa.

A par disso, o Grupo Vodafone pediu um estudo à YouGov para apurar o grau de otimismo da população em 14 dos mercados onde a Empresa opera, bem como as suas perceções sobre quais serão as principais tendências tecnológicas que irão transformar a sociedade nos próximos anos. A pesquisa contou com a participação de quase 13 mil pessoas e os resultados confirmam as razões para a Vodafone olhar para o futuro com otimismo.

Intitulado ‘O Futuro’, o inquérito revela que em Portugal mais de metade dos portugueses (quase 55%) acredita que o nível médio de vida será melhor em 2037 do que em 2017. Esta é uma das principais conclusões do survey que atesta a confiança nacional num futuro promissor, no qual as inovações tecnológicas são identificadas como a tendência emergente mais “incrível”.

“Em contagem decrescente para a celebração de 25 anos de atividade em Portugal, a Vodafone assinala muito mais do que uma história plena de desafios e conquistas. A Empresa renova o constante entusiasmo em continuar a olhar o futuro com otimismo. E o futuro é agora. E é incrível”, frisa Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.

2017-12-08 | Atualidade Nacional

Restantes 5 projetos vão continuar a trabalhar nos respetivos pilotos


Para pagar 13 mil milhões de euros em impostos devidos


Medidas para simplificar entram em vigor até 2021


2017-12-05 | Breves do Sector

Destinada a simplificar experiência do cliente


2017-12-05 | Breves do Sector

Huawei patrocina Wonderland Lisboa 2017