Acionista da Nowo e Oni negoceia venda parcial das empresas

2019-05-14 O fundo norte-americano KKR quer vender uma parte do capital da Nowo/Oni, um ano depois de ter passado a controlar o operador nacional. O jornal espanhol El Economista diz que está em negociações e que a MásMóvil foi uma das empresas contactadas.

De acordo com o jornal, o KKR ofereceu à MásMovil, o 4º maior operador de telecomunicações espanhol, a possibilidade de entrar no mercado português, com a compra de uma posição minoritária na Nowo e na Oni, que detém o negócio empresarial. O fundo americano quer contar com um parceiro no projeto, pelo que está ainda a contactar outros grupos de telecomunicações europeus para participar.

Recorde-se que foi em 2015 que a Altive vendeu a Cabovisão e a Oni aos franceses do fundo Apax, numa operação imposta pela União Europeia, na sequência da compra da PT Portugal. Há cerca de um ano, a Apax alienou o negócio ao fundo KKR.
 

2019-05-21 | Atualidade Nacional

Altice Portugal foi parceira tecnológica e patrocinadora pelo 3º ano


Defendendo dar tempo para o setor de reorganizar


No âmbito do Código de Conduta contra a Desinformação


2019-05-21 | Breves do Sector

Mobilidade urbana da cidade utiliza tecnologia do operador


2019-05-17 | Breves do Sector

Maior encontro profissional de transformação digital decorre em Madrid