Altice junta-se à Huawei na IoT

2018-02-08 A Altice Portugal, em parceria com a Huawei, criou na sua sede um novo laboratório para soluções de Internet das Coisas (IoT). O Golabs.IoT pretende juntar fabricantes, indústria, academia e startups, dinamizando o ecossistema tecnológico e económico nacional e desenvolvendo novas soluções.

Este novo projeto resultou de um memorando de entendimento celebrado entre o grupo de comunicações e a fabricante chinesa na edição de 2017 do Mobile World Congress.  Inovar (exploração e definição de requisitos técnicos e suporte ao desenvolvimento); certificar (validação da qualidade das soluções IoT); e integrar (enquadramento das soluções no ecossistema Golabs.IoT) são os pilares, numa “lógica de agregação de parcerias estratégicas entre os principais stakeholders do setor e dinamização do ecossistema tecnológico e económico português”, refere um comunicado da Altice.

O Golabs.IoT agrega fabricantes, indústria, academia e startups, muitas associadas ao programa ENTER e ao IoT Challenge da Altice Portugal, com vista ao lançamento de serviços inovadores e competitivo. A nível experimental, o laboratório já tem um conjunto de soluções. Como nas áreas da telecontagem de água, num projeto dinamizado em conjunto com a tecnologia de rádio e plataforma IoT da Huawei. Ou a monitorização industrial e ambiental e de gestão de estacionamento, materializando a capacidade exploratória e de investimento em I&D da Altice Portugal, designadamente com recurso à plataforma IoT Place e à conetividade Narrowband IoT (NB-IoT), em fase avançada de implementação, bem como o seu posicionamento para atrair os melhores parceiros.    

“O investimento da Altice Portugal em IoT e a criação do Golabs.IoT encontram no maior operador de comunicações em Portugal as condições de infraestrutura e tecnológicas mais adequadas. A Altice Portugal é líder no segmento móvel, posicionamento que reflete o seu investimento na modernização da rede móvel, na expansão do 4G, atualmente já com uma cobertura superior a 95% da população e, ainda, no lançamento do 4G+ que atinge já os 60%. A liderança está também traduzida na sua aposta em levar a nova geração de fibra ótica a 5,3 milhões de casas e empresas até 2020, tendo alcançado já em dezembro de 2017 um total de 4,2 milhões com esta tecnologia”, refere o CEO da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, no comunicado.

“Na última década, a Huawei tem demonstrado o seu compromisso em trazer as mais inovadoras soluções tecnológicas para a indústria, como o 3G, 4/4.5G e FTTH, entre outras, permitindo assim aos consumidores e às empresas portuguesas usufruir de cada vez melhores serviços de telecomunicações. Com a aceleração do desenvolvimento da tecnologia NB-IOT, estamos no momento certo para estender a comunicação H2H (human to human) para M2M (machine to machine). Esta alteração irá melhorar significativamente a produtividade e a eficiência de forma transversal a verticais e indústrias. Como líder no setor TIC, a Huawei está dedicada ao desenvolvimento da IoT, contribuindo para o ecossistema numa vertente end-to-end”, acrescenta Chris Lu, CEO da Huawei Portugal.

A IoT, apontada pela norte-americana Gartner como um dos drivers fundamentais, em 2018, do investimento em TI, é uma das ferramentas mais relevantes do processo de transformação digital das organizações e da sociedade em geral. Com impacto transversal na performance das empresas, em todos os eixos de crescimento social, económico e cultural e, ainda, no relacionamento entre as pessoas e as pessoas com a tecnologia, a IoT é uma prioridade estratégica da União Europeia, prevendo-se que a quantidade de dispositivos conectados em todo o mundo cresça a um ritmo anual de 32% até 2021, ano em que subirá para 25 mil milhões. 
 

2018-11-09 | Atualidade Nacional

Terminou mais uma edição do maior encontro europeu de inovação e empreendedorismo


2018-11-09 | Atualidade Nacional

No âmbito do acordo a 10 anos assinado em outubro


Negócio deverá estar concluído no 1º semestre de 2019


Para financiar investimento em startups tecnológicas


2018-11-12 | Breves do Sector

Parceria para o segmento empresarial


2018-11-05 | Breves do Sector

Grupo é parceiro tecnológico do evento pelo 3º ano consecutivo