Altran promove roadshow tecnológico pelo país

2018-05-30 A Altran Portugal, com o apoio da secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e em parceria com a Universidade da Beira Interior (UBI), acaba de lançar o roadshow tecnológico "Dream I.T.", que passará por universidades, institutos politécnicos e escolas secundárias de todo o país. O objetivo é sensibilizar e incentivar os alunos portugueses a apostarem numa carreira profissional na área das tecnologias de informação.

A primeira sessão decorreu a 29 de maio, no Instituto Politécnico da Guarda, junto de alunos que frequentam os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP) de Cibersegurança e Desenvolvimento de Aplicações. Para além do workshop de programação robótica, os alunos tiveram a oportunidade de ficar a conhecer alguns dos projetos mais inovadores desenvolvidos pela equipa de R&D da Altran Portugal.

Os setores da Inovação e TIC têm apresentado, nos últimos anos, um crescimento acentuado e, nestas áreas, há já um défice entre a procura e a oferta. A União Europeia prevê 15 mil vagas por preencher no setor das TIC em Portugal, até 2020, e 900 mil na Europa. O abandono escolar, no entanto, tem vindo a aumentar, com cerca de 14% dos jovens a deixaram, prematuramente, de estudar.

"Nos últimos anos, temos assistido a um aumento do abandono escolar e a uma diminuição no ingresso dos jovens ao ensino superior, com dois terços dos estudantes a não prosseguirem os estudos além do 12º ano. A partir deste cenário, torna-se essencial motivarmos os jovens a prosseguirem com a educação e posterior qualificação profissional. Por outro lado, todos os dias aumentam o número de vagas nas áreas das tecnologias e empresas como a Altran procuram, cada vez mais, profissionais com competências digitais. Este tipo de campanhas são fundamentais para capacitar os jovens, nas várias faixas etárias, a ampliar a literacia nesta área", refere Fernanda Rollo, secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

"O roadshow ‘Dream I.T.' pretende motivar os estudantes portugueses a não desistirem dos estudos e a desenvolverem competências no setor das TIC, sobretudo em programação e robótica, áreas com forte procura no mercado. Por isso, queremos destacar a mais valia das instituições de ensino superior e politécnico nacionais, e o esforço conjunto no sentido de aproximar os programas formativos da realidade da vida profissional e das necessidades do mercado de trabalho nas várias regiões do país. Esperamos ainda, contribuir para acelerar a produção de competências digitais, em linha com o potencial crescente do nosso país neste sector. Por fim queremos reforçar que a Altran, apoia a reconversão de jovens que pretendem investir nestas áreas através de programas específicos de formação, permitindo a sua integração rápida em contexto de projeto", acrescenta Célia Reis, CEO da Altran Portugal.

2018-08-09 | Atualidade Nacional

Sobre a oferta para acesso a postes


2018-08-07 | Atualidade Nacional

Regulador setorial propõe entregar ao Estado 33,6 milhões


Com criação de 700 mil postos de trabalho ao longo dos próximos 3 anos


No desenvolvimento de veículos inteligentes conectados


2018-08-02 | Breves do Sector

App NOS Kids disponível para Android e iOS e brevemente na web