APDC cria Secção VR/AR - Realidade Virtual e Aumentada

2020-06-03 A APDC acaba de aprovar a criação de uma nova secção para a área de realidade virtual e aumentada. O projeto resulta da integração do chapter português da VRARA (Virtual Reality and Augmented Reality Association), tendo como objetivo acelerar o crescimento deste cada vez mais relevante ecossistema no mercado nacional, através da amplificação das sinergias que foram agora criadas com esta parceria.
Nos termos dos seus estatutos, a APDC - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, pode, mediante deliberação da Direção, criar secções relativas a subsetores ou áreas que entenda relevantes e que desenvolverão a sua atividade de forma integrada e articulada com os fins da Associação.

Com a nova secção VR/AR - Realidade Virtual e Aumentada, que será liderada por Luis Bravo Martins, atual Head of Marketing do IT People Group, passará para o universo da APDC o chapter nacional da VRARA, a VRARA Portugal, criada em 2017. A sua integração na Associação vai garantir a continuidade das atividades que têm vindo a ser desenvolvidas, alinhando os seus objetivos com a estratégia da Associação no que respeita à promoção do ecossistema de VR/AR.

A VRARA é uma organização internacional que visa promover a colaboração entre empresas e marcas inovadoras no ecossistema de realidade virtual e aumentada, assim como acelerar o crescimento desse ecossistema, da investigação científica nestes temas, da criação de standards para a indústria e de espaços de networking entre os profissionais da área.

Esta nova Secção VRARA vem juntar-se às três secções criadas nos anos mais recentes no âmbito da APDC: Secção Portugal Outsourcing, Secção Smart Cities e Secção de Empreendedorismo Digital.

O projeto foi hoje apresentado no âmbito da VR/AR Global Summit, que decorreu online entre 1 e 3 de junho, e onde estiveram presentes Sandra Fazenda Almeida, Diretora Executiva da APDC, e Luís Bravo, responsável pelo chapter nacional, num encontro moderado por Fátima Caçador, do SAPO TEK.

Segundo a responsável da APDC, esta parceria representa um "juntar de forças através do qual se poderá trabalhar muito melhor e com mais impacto. Este chapter é a prova do crescente interesse que a AR/RV tem no mercado nacional. E as Associadas APDC reconhecem o seu valor, reforçado com o confinamento, que veio dar um novo impulso a estas tecnologias".

Já Luís Bravo salientou o crescente número de empresas nacionais que estão já a desenvolver soluções de AR/VR para o mundo a partir de Portugal, num ecossistema cada vez maior. "Há uma tendência cultura ligada a estas tecnologias, que nos fazem sonhar. Acredito que vai mudar o modo como somos humanos", refere. Destaca ainda que a integração na APDC faz ainda mais sentido na conjuntura atual, quando está a surgir o 5G, que terá um enorme impacto na oferta deste tipo de soluções.



2020-07-09 | Atualidade Nacional

Projeto desenvolvido em parceria pela APDC, IEFP e CCISP


2020-07-09 | Atualidade Nacional

Estudo sobre a adoção desta solução realizado pela Deloitte


2020-07-09 | Atualidade Nacional

Calendário da ANACOM prevê atribuição de frequências até fevereiro de 2021


2020-07-08 | Atualidade Nacional

Centro foca-se no serviço e apoio a clientes e parceiros na EMEAR


2020-07-07 | Atualidade Nacional

No âmbito do Plano de Ação para a Transição Digital


2020-07-07 | Atualidade Nacional

Presidente da APDC no webinar “A Step Into the Future”


2020-07-03 | Atualidade Nacional

Na sequência da sua integração no grupo que opera ao nível europeu


2020-07-02 | Atualidade Nacional

Regulador aprova vários projetos de decisão agora em consulta pública


2020-07-02 | Atualidade Nacional

Ficando responsável pela continuidade dos negócios


2020-07-02 | Atualidade Nacional

Comissão executiva percorre 20 municípios e 10 distritos