Axians patrocina Portugal Digital Awards 2018

2018-05-29 A Axians Portugal volta a patrocinar a 3º edição do Portugal Digital Awards, iniciativa que tem como objetivo é distinguir personalidades e projetos cuja transformação digital teve um impacto significativo para as organizações e para a sociedade. As candidaturas estão abertas até 31 de julho, decorrendo a final em outubro.

Tal como nas edições anteriores, haverá algumas iniciativas exclusivas de reflexão sobre o “estado da arte” desta revolução em curso em Portugal e no mundo. Com o objetivo de reconhecer os líderes empresariais que têm a visão e a coragem de transformar as suas organizações, capacitando-as, com as suas equipas, para a digitalização dos seus negócios, a iniciativa Portugal Digital Awards – que nasce de uma parceria entre a IDC e o Jornal de Negócios – visa premiar projetos originais e inovadores, assim como personalidades que se destacam nesta área.

Com um painel de júri composto por individualidades independentes e de reconhecido mérito, pretendem-se promover ideias e conceitos inovadores, capazes de transformar efetivamente os mais variados sectores de atividade.

“É com muito orgulho que nos associamos mais uma vez a esta iniciativa que podemos resumir numa palavra: reconhecimento. Reconhecimento de Pessoas, de Líderes, e de projetos. Em Portugal, é um programa único neste panorama da revolução digital em curso nas organizações e na sociedade em geral”, refere Pedro Afonso, CEO da Axians Portugal.

“A transformação digital é um risco e um desafio. Um risco maior para quem se preocupar apenas com os resultados a curto prazo ou com o resultado pelo resultado. É, porém, um desafio muito aliciante, uma oportunidade, para os que fazem negócio com propósito e com o cuidado de respeitar a sua própria história e os seus valores intrínsecos, perante colaboradores, parceiros e clientes”, acrescenta.

O “novo normal” corresponde ao paradigma da economia DX (Digital Transformation) e a sua adoção é fruto da utilização definitivamente mais acelerada de tecnologias da denominada terceira plataforma, como a Internet of Things, a Augmented & Virtual Reality, os Cognitive Systems ou a Next Gen Security, entre outras.

Estas estão já hoje a trazer valor e vantagens competitivas, com a criação de novas ofertas, modelos de negócio e também de relacionamento entre empresas. As vantagens da sua adoção resultam da forma como estas tecnologias podem ajudar a mudar processos de decisão e a experiência de interação proporcionada. 

“A IDC acredita que até 2022, cerca de 80% do crescimento (novos negócios) das receitas das empresas a nível mundial vai depender de ofertas e operações suportadas no digital. Para conseguir estar na linha da frente da Transformação Digital, é essencial desenvolver novos KPIs, derrubar os silos organizacionais, desenvolver competências e conhecimentos específicos, assim como dispor de uma plataforma tecnológica adequada”, refere Gabriel Coimbra, Country Manager da IDC Portugal.

As categorias a Concurso para esta edição deste ano são: Best Digital Strategic Tools; Best Digital Product & Customer Experience; Best Digital Workplace; Best Digital Operational Process; Best Digital Digital Platform; Best Digital Transformation Project; Best Digital Leader; Best Digital Transformation Idea.

Mais informação sobre os Portugal Digital Awards em portugaldigitalawards.pt
 

2018-08-09 | Atualidade Nacional

Sobre a oferta para acesso a postes


2018-08-07 | Atualidade Nacional

Regulador setorial propõe entregar ao Estado 33,6 milhões


Com criação de 700 mil postos de trabalho ao longo dos próximos 3 anos


No desenvolvimento de veículos inteligentes conectados


2018-08-02 | Breves do Sector

App NOS Kids disponível para Android e iOS e brevemente na web