Candidaturas nacionais ao WSA 2018 alargadas até 10 de agosto

2018-07-06 Já estão abertas as candidaturas nacionais ao World Summit Awards 2018, iniciativa das Nações Unidas que visa premiar a inovação digital local com impacto social, de acordo com os seus objetivos de desenvolvimento sustentável. O prazo, que terminava a 15 de julho, foi alargado para 10 de agosto. Os vencedores portugueses de cada uma das oito categorias a concurso terá a oportunidade de participar no Congresso da APDC.

A seleção dos projetos vencedores do WSA passa por várias fases. Para já, um júri português, liderado por Roberto Carneiro, num processo coordenado pela APDC, vai eleger os candidatos nacionais vencedores. Estes terão posteriormente a oportunidade de participar no 28º digital Business Congress, além de integrarem o grupo de projetos de mais de 178 países que serão analisados por um júri online internacional.

O WSA 2018 assume-se como uma plataforma internacional que combina um conjunto de eventos com uma rede global de empreendedores, peritos, mentores, líderes de governo, académicos e sociedade civil. Há 8 categorias a concurso: government & citizen engagement; health & well being; learning & education; environment & green energy; culture & tourism; smart settlements & urbanization; business & commerce; e inclusion & empowerment.

De acordo com o calendário definido pelo WSA, à fase nacional segue-se a fase em que um júri online, composto por peritos internacionais avaliará e selecionará os melhores 15 a 18 projetos em cada uma das categorias a concurso, numa shortlist de excelência mundial. Posteriormente, um Grand Jury escolherá, de entre esta shortlist, os Global Champion do WSA 2017. Em 2017, a City Points Cascais, da Câmara de Cascais, foi um dos Global Champion.

Em paralelo, e no âmbito da parceria da ANI - Agência Nacional de Inovação com a APDC e o WSA, será ainda atribuída a distinção BfK Awards a um dos candidatos nacionais para premiar o melhor projeto de base científica e tecnológica. O BfK Awards é uma das iniciativas do Born from Knowledge (BfK), programa promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior através da ANI.

Entre os benefícios de integrar o WSA, destacam-se: a possibilidade de networking, acesso redes mundiais de inovação, partilha de conhecimento com os produtores de e-conteúdos mais inovadores do mundo, possibilidades de negócio, de financiamento e de parcerias. 


World Summit Awards 2018
 
 

2018-12-07 | Atualidade Nacional

Operador assina protocolos com várias autarquias


Por uso de dados para fins comerciais


2018-12-06 | Breves do Sector

Primeiro evento internacional dedicado a investidores


2018-12-05 | Breves do Sector

Monitores de análise clínica otimizados para configurações de assistência médica