Champalimaud passa a maior acionista dos CTT

2017-03-14 A Gestmin, de Manuel Champalimaud, reforçou nos últimos dias a sua posição no capital dos CTT, tornando-se no maior acionista do operador postal, com 10,19% do capital.

Em comunicado à CMVM, os CTT informam terem recebido do grupo Gestmin uma comunicação de transações. Depois de ter vindo a comprar ações dos CTT nos últimos meses, o grupo voltou a reforçar a sua posição, passando a ter agora uma posição qualificada no capital do operador postal, num total de 10,19%. A mais recente informação no site dos CTT referia que o grupo liderado por Manuel Champalimaud detinha uma participação de 9,95%. O empresário é administrador não executivo dos CTT.

O grupo agrega interesses em várias áreas de negócio, apostando em estruturas sustentáveis e diversificadas, nomeadamente nos setores da Energia, Logística Alimentar, Indústria de Moldes, Indústria de Plásticos, Indústria do Turismo e Agroindústria. Além da participação financeira qualificada nos CTT, tem ainda outra na REN.

2017-09-22 | Atualidade Nacional

Operador do serviço universal terá que aplicar novas regras já em outubro


2017-09-22 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão do regulador setorial


Poderia afetar 2 mil milhões de utilizadores à escala global


Objetivo é agilizar mudanças no mercado mundial


2017-09-19 | Breves do Sector

Parceria responde às mudanças no panorama de segurança


2017-09-19 | Breves do Sector

Para otimizar as suas aplicações e serviços