CTT abandonam negócio do Phone-ix

2019-01-08 Os CTT cessaram a 1 de janeiro a sua atividade como operador móvel virtual, através do Phone-ix. A empresa remeteu uma mensagem escrita a toda a sua base de clientes pré-pagos a informar sobre esta situação. Estes podem, no prazo de 3 meses após a data da cessação do serviço, requerer a portabilidade do número para outros prestadores de serviço móvel.

Segundo um comunicado da Anacom e para garantir a continuidade do serviço telefónico móvel dos clientes Phone-ix, o regulador alerta os outros prestadores que originam comunicações para aqueles números que devem assegurar o encaminhamento dessas comunicações. Foi ainda notificada a Entidade de Referência da portabilidade (empresa que gere a base de dados dos números portados) desta cessação, para que esta entidade se substitua aos CTT nos processos de portabilidade dos números para outros prestadores, a partir de 1 de janeiro de 2019.
´
 

2019-01-18 | Atualidade Nacional

Para selecionar as melhores startups da energia


2019-01-18 | Atualidade Nacional

Está a ser feito um levantamento da situação atual em todas as regiões


2019-01-22 | Breves do Sector

Ajuda a eliminar a contrafação de medicamentos


2019-01-21 | Breves do Sector

Para aprendizagem personalizada e transformação digital da educação