CTT encerram 22 lojas em todo o país

2018-01-03 Depois do jornal online Eco ter avançaco com a Notícia, os CTT confirmaram o encerramento de 22 balcões do grupo, na sequência do plano de reestruturação anunciado em dezembro. Em comunicado, os CTT adiantam que "tal como já tinha sido tornado público anteriormente, (...) confirmam o plano de adequação da sua rede envolvendo estes 22 pontos de acesso, inseridos nos mais de 2.300 existentes e dos mais de 4.000 agentes PayShop, que nesta fase ainda não tem data marcada". Segundo a Comissão de Trabalhadores dos Correios de Portugal, o encerramento afetará um total de 53 postos de trabalho.

De acordo com o grupo postal, estes encerramentos não põem em causa “o serviço de proximidade às populações e aos clientes, uma vez que existem outros pontos de acesso nas zonas respetivas que dão total garantia na resposta às necessidades face à procura existente".

Para já, o projeto está sob "consulta" da Comissão de Trabalhadores, "seguindo-se então o contacto com as entidades locais", garantindo que "a presença dos CTT e a sua capilaridade em todo o país cumprem na íntegra os critérios de densidade geográfica exigidos".

De acordo com informação disponibilizada pela Comissão de Trabalhadores dos CTT à Lusa, em causa estão os balcões da Junqueira, Avenida (Loulé), Universidade (Aveiro), Termas de São Vicente, Socorro (Lisboa), Riba de Ave, Paços de Brandão (Santa Maria da Feira), Lavradio (Barreiro), Galiza (Porto), Freamunde, Filipa de Lencastre (Belas), Olaias (Lisboa), Camarate, Calheta (Ponta Delgada), Barrosinhas (Águeda), Asprela (Porto), Areosa (Porto), Araucária (Vila Real), Alpiarça, Alferrarede, Aldeia de Paio Pires e Arco da Calheta (Madeira),

Recorde-se que a 19 de dezembro, a empresa avançou com um plano de reestruturação que prevê reduzir cerca de 800 pessoas na área das operações em três anos, em consequência da queda do tráfego do correio. No total, empregam 12.149 pessoas, das quais 11.702 em Portugal. Estão ainda a racionalizar ativos não estratégicos e a otimizar a cobertura da rede de lojas, cujo 1º passo será com estes encerramentos.
 

2018-01-18 | Atualidade Nacional

Na sequência das conclusões do estudo encomendado pela Anacom


Com criação de emprego e repatriamento de lucros


Para reduzir desigualdades e promover competitividade


2018-01-16 | Breves do Sector

José Calado assume parcerias globais do grupo


2018-01-16 | Breves do Sector

Disponível na app e na área de cliente