Free Electrons 2019: candidaturas já abriram

2019-01-18 Estão abertas as candidaturas para o Free Electrons, o primeiro programa de aceleração verdadeiramente global, que apresenta as mais promissoras startups às utilities líderes do setor da energia nos seus mercados. Podem concorrer até 22 de fevereiro startups de todo o mundo. O modulo final deste programa mundial vai realizar-se pela primeira vez em Lisboa, em setembro.

O Free Electrons é um programa verdadeiramente global, focado nas possibilidades de desenvolver projetos e negócios entre startups e players do setor, e pretende encontrar soluções nas áreas da mobilidade, energias limpas, redes inteligentes e digitalização.

As primeiras duas edições do programa comprovam o potencial do Free Electrons para alavancar todos os participantes. Depois de terminada a fase de candidaturas, a organização vai selecionar as startups que vão participar no bootcamp. As escolhidas serão anunciadas a 13 de março.

Tal como no ano passado, a edição 2019 do Free Electrons vai dividir-se em três módulos mundiais: o primeiro, em Columbus, no estado norte-americano do Ohio, em maio; o segundo em Hong Kong, na China, em junho; e o terceiro e último módulo vai realizar-se em Lisboa, em setembro, onde será conhecido o grande vencedor, que receberá o prémio de 200 mil dólares.

Em 2018, a EDP desenvolveu vários projetos-piloto e investiu em quatro  startups que participaram no Free Electrons e que estão a revolucionar o mercado. Uma foi a SOLshare, a grande vencedora da edição de 2018, e que está a revolucionar o mercado de energia do Bangladesh, em que mais de 50 milhões de pessoas ainda não têm acesso à rede elétrica.

Esta empresa criou uma solução a ser instalada em casas com painéis solares, que permite a transação de créditos de energia entre habitações. Em duas edições, este programa mundial já atraiu mais de mil candidaturas de startups de mais de 70 países. Foram realizados vários projetos em que foram resolvidos desafios reais das utilities, gerando negócios entre elas e estas startups. As duas edições geraram mais de sete milhões de euros em contratos de negócio assinados entre 27 startups e 10 utilities.

O Free Electrons dá uma oportunidade única a startups maduras do setor da energia de terem acesso a parceiros mundiais, que podem ajudá-las a expandir-se para novos mercados por todo o mundo. As 10 utilities do setor energético que fazem parte do programa têm, juntos, cerca de 80 milhões de clientes e estão presentes em mais de 40 países.

Os fundadores do Free Electrons são a Ausnet Services (Austrália), DEWA (Dubai), EDP (Portugal), ESB (Irlanda), Innogy (Alemanha), Origin Energy (Austrália), SP Group (Singapura) e Tokyo Electric Power (Japão), com todo o programa a ter o apoio da Beta-i (Portugal). Na edição de 2018, a American Electric Power (USA) e a CLP (Hong Kong), também se juntaram ao programa. A iniciativa tem o apoio da Beta-i.
 

2019-07-22 | Atualidade Nacional

Operador regista aumento de clientes em todas as áreas


2019-07-18 | Atualidade Nacional

Evento reuniu clientes, parceiros e responsáveis nacionais e internacionais do grupo


Para desenvolver sistemas de inteligência artificial em larga escala


Poderá dar mais de mil milhões de dólares por esta unidade


2019-07-23 | Breves do Sector

Projeto inserido no âmbito da inclusão social


2019-07-23 | Breves do Sector

Altice Portugal leva tecnologia a outras gerações