Galp reforça a transição para um futuro energético sustentável

2020-07-29 A Galp vai investir até 20 milhões de euros nos próximos 5 anos na plataforma EIP, com o objetivo de reforçar o seu compromisso com o desenvolvimento de uma carteira de produção sustentável de energia renovável e para captar novas oportunidades de negócio, trabalhando com as melhores scale-ups mundiais
Assim, o grupo acaba de selecionar a plataforma Energy Impact Partners (EIP) para reforçar o seu objetivo de acelerar a transição para um futuro energético sustentável.

Neste âmbito, será a única operadora energética na Península Ibérica a ter pleno acesso, durante um período de exclusividade de 5 anos, a uma rede que reúne os intervenientes mais relevantes na transição energética nas áreas da energia, tecnologia e mobilidade, com um grande foco nas empresas scale-up.

O acordo prevê um investimento de até 20 milhões de euros nos próximos 5 anos na plataforma, garantindo assim o acesso privilegiado ao know-how, conhecimento do mercado, fluxo de negócios e análise das tendências disponibilizadas pelos parceiros EIP em todo o mundo. Empenhada desenvolver um portfólio de produção sustentável de energia renovável, a Galp tem 10 a 15% do investimento do grupo a ser alocado para as energias renováveis e para captar oportunidades de novos negócios que possam ser ampliados.

"Enquanto parceiros estratégicos do EIP, teremos acesso imediato à melhor visão global de potenciais scale-ups nos campos da energia, da mobilidade e da indústria, de forma a colocar as suas soluções ao serviço dos nossos clientes e dos nossos processos. Investir nesta rede representa um passo sólido para a aceleração da inovação energética e para abordar o desenvolvimento de futuros negócios competitivos alinhados com a transição energética", refere Susana Quintana-Plaza, administradora executiva da Galp com o pelouro das energias renováveis e novos negócios.

Operações inteligentes, eletrificação, distribuição de recursos energéticos, mobilidade, cibersegurança, casas, cidades e edifícios inteligentes são os eixos fundamentais de transformação nos quais a EIP se centra, o que traduz uma forte consonância com a estratégia e o âmbito de atuação da Galp.

Com este investimento, a Galp vai juntar-se a 28 parceiros estratégicos da coligação EIP - incluindo empresas como a Microsoft, Enterprise Holdings, EWE, Fortrum, Southern Company, Xcel Energy, Fortis, Alliant Energy e MGE -, focados na identificação e adoção de soluções tecnológicas inovadoras para enfrentar os desafios climáticos.

Este investimento no fundo europeu EIP ocorre após a criação da Up - Upcoming Energies, uma nova unidade da Galp com sede em Lisboa e focada, sobretudo, na procura de soluções para os eixos de transição energética, de mobilidade, de economia digital e circular. Criada com o objetivo de abrir as portas da Galp ao ecossistema de inovação global, a UP - Upcoming Energies pretende criar um núcleo de ideias e novos projetos à escala internacional.

2020-11-26 | Atualidade Nacional

Tomada de posição inédita surge com intensificar dos conflitos


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Para promover desenvolvimento das redes pelos operadores


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Associação defende que é preciso garantir dinâmica integrada com todos os stakeholders


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Mário Ferreira é eleito como novo presidente da dona da TVI


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Defende atuação firme e consequente no processo


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Grupo toma medidas em relação ao regulamento do leilão de 5G


2020-11-20 | Atualidade Nacional

Conferência anual do CNCS analisa diferentes perspetivas da cibersegurança


2020-11-20 | Atualidade Nacional

Prazo de candidatura fixado pela Anacom termina a 27 de novembro


2020-11-19 | Atualidade Nacional

Graças aos telemóveis e aos conteúdos premium desportivos