Hack for Good 2018: hackathon a 5 e 6 de maio

2018-05-04 O bem-estar das crianças e jovens é o tema da edição de 2018 do Hack for Good, uma iniciativa da Gulbenkian que desafia os fazedores a desenvolver soluções tecnológicas que deem resposta a problemas reais. O hackathon decorre já a 5 e 6 de maio, no Porto onde mais de 150 pessoas vão participar numa maratona non-stop de trabalho e de muitas ideias. Os melhores projetos vão participar num bootcamp e terão acesso à Web Summit.

Esta será a terceira edição da iniciativa da Fundação Calouste Gulbenkian, decorrendo este ano o hackathon na cidade do Porto, no Palácio dos Correios, já este fim de semana. Mais de 150 pessoas, entre programadores, criativos, engenheiros, gestores, designers e outros profissionais ligados às tecnologias, vão participar numa maratona de desenvolvimento tecnológico. Objetivo: criar soluções capazes de aumentar o bem-estar das camadas mais novas da população. E pela primeira vez, há também a oportunidade de explorar os desafios das edições anteriores - a integração de refugiados e migrantes e o bem-estar dos idosos.

O vencedor do Hack For Good 2018 será contemplado com um prémio monetário de cinco mil euros e o segundo classificado dois mil euros. Ambos terão ainda participação garantida na Web Summit, que se realiza em Lisboa, a entre 5 e 8 de novembro.

Um dos vencedores da edição de 2017 foi aplicação Ximi, que visa combater a solidão com uma app. Nasceu em 30 horas das cabeças de Luís Curvelo e Pedro Santos, que pretendiam promover o envelhecimento ativo e vai agora ser testada na cidade de Abrantes. No ano passado, o vencedor foi a plataforma ‘Portuguese Women in Tech’, com o projeto ‘Cura’, uma aplicação que põe em contacto, de forma anónima, mulheres migrantes e médicos voluntários.
 

2018-05-25 | Atualidade Nacional

Para o desenvolvimento de competências em gestão de informação


2018-05-25 | Atualidade Nacional

Multinacional francesa lança iniciativa de captação internacional


Por violação de patentesda marca da maçã


Europeus têm mais controlo sobre recolha e utilização de dados pessoais


2018-05-25 | Breves do Sector

Para ajudar a implementar o Regulamento Europeu de Proteção de Dados


2018-05-21 | Breves do Sector

Incluem o conversível empresarial mais pequeno do mundo