IA elimina 1,1 milhões de empregos, mas pode criar outros tantos

2019-01-17 Pelo menos metade do tempo de trabalho realizado em Portugal já pode ser realizado através de inteligência artificial, automação e robótica. A massificação destas tecnologias poderá levar à eliminação de até 1,1 milhões de postos de trabalho no mercado nacional até 2030. Mas, em contrapartida, poderá criar entre 600 mil a 1,1 milhões de novos empregos. As previsões são de um estudo realizado pela CIP, em parceria com o McKinsey Global Institute e a Nova SBE.

Este estudo, que analisa o futuro do mercado de trabalho em Portugal, prevê ainda que pelo menos  1,8 milhões de trabalhadores vão precisar de reforçar as suas competências e qualificações ou de mudar de emprego nos próximos 11 anos. O que deverá colocar desafios ao governo e às empresas no processo de reconversão da força de trabalho, tendo em conta que a economia tem um relativamente alto potencial de automação, tendo em conta o peso da indústria transformadora, com tarefas repetitivas em diversos setores.

O trabalho, que foi apresentado hoje pela Confederação Empresarial de Portugal (CIP) adianta ainda que se atualmente cerca de 50% do tempo despendido nas atividades laborais poderia ser automatizado, essa percentagem deverá aumentar nos próximos anos. Em 2030, deverá ser de 67%.

Num cenário de apenas cerca de 26% (do potencial total de 67%) do tempo de trabalho ser automatizado, a adoção da tecnologia poderá levar à perda do equivalente a 1,1 milhões de postos de trabalho até 2030, com maior incidência nos sectores da indústria transformadora e do comércio. Paralelamente, com o inerente crescimento económico, poderão ser criados entre 600 mil e 1,1 milhões de novos postos de trabalho até 2030, sobretudo em áreas como a saúde, assistência social, ciência, profissões técnicas e construção.

Se este cenário traz grandes desafios, a transformação digital da sociedade e da economia também uma enorme oportunidade. Mas para as aproveitas, minimizando os riscos e potenciando os ganhos, há que definir novas políticas públicas e um plano de requalificação, num esforço conjunto entre setor público, empresas e instituições de educação e formação.
 

2019-07-22 | Atualidade Nacional

Operador regista aumento de clientes em todas as áreas


2019-07-18 | Atualidade Nacional

Evento reuniu clientes, parceiros e responsáveis nacionais e internacionais do grupo


Para desenvolver sistemas de inteligência artificial em larga escala


Poderá dar mais de mil milhões de dólares por esta unidade


2019-07-23 | Breves do Sector

Projeto inserido no âmbito da inclusão social


2019-07-23 | Breves do Sector

Altice Portugal leva tecnologia a outras gerações