NOS é parceira da European Aviation Network em Portugal

2017-11-14 A NOS vai fornecer infraestrutura para a rede terrestre da European Aviation Network (EAN) em Portugal. Este consórcio permitirá levar a conectividade wireless aos passageiros dos voos de um conjunto de companhias aéreas europeias. A operadora oferece ao projeto - o primeiro satélite integrado Banda-S complementado com rede terrestre LTE em toda a Europa - a sua infraestrutura terrestre para utilização da EAN.

Seja por motivos particulares ou profissionais, o número de passageiros a escolher o transporte aéreo para as suas deslocações continua a aumentar. Em 2035 espera-se que 1,5 mil milhões de viajantes aéreos voem pelos céus da Europa.

No entanto, a disponibilidade de acesso confiável à Internet de alta velocidade no ar ainda não é suficiente para atender a procura existente e futura. O European Aviation Network foi criado com o objetivo de disponibilizar, às companhias aéreas e seus clientes, uma solução de conectividade única, tecnologicamente avançada e economicamente sustentável.

A infraestrutura da NOS em Portugal e a sua ampla experiência em redes sem fios facilitarão o acesso à Internet de alta velocidade da EAN para os passageiros das companhias aéreas que atravessam o espaço aéreo português. O EAN será lançado em Portugal e em toda a Europa no final de 2017 e oferece ao setor de aviação europeu um poderoso serviço de conectividade para seus clientes. O serviço é o resultado de uma bem-sucedida parceria de várias empresas europeias, liderada pela Inmarsat e pela Deutsche Telekom.

Em Portugal, a NOS será responsável pela instalação de equipamentos em terra, disponibilizando para o efeito quer as suas torres, que vão suportar a entrega de rede 4G LTE aos aviões, quer a sua rede terrestre de alta capacidade, a qual transportará o tráfego gerado no espaço aéreo nacional até à rede europeia de alta capacidade da EAN.

Manuel Ramalho Eanes, administrador da NOS, orgulha-se "da escolha da EAN que distingue a NOS como operador móvel com a infraestrutura necessária para assegurar a fornecimento da próxima geração de conectividade para este projeto. Esta parceria coloca a NOS, mais uma vez, como um player de inovação num projeto único em todo o mundo".
Esta solução, que permite fornecer conetividade distribuída com recurso a rede Wi-Fi, irá operar através de um satélite integrado em banda-S, gerido pela INMARSAT, em complemento com uma rede terrestre com base em tecnologia LTE, desenvolvida pela Deutsche Telekom em parceria com operadores locais, que contempla a criação de cerca de 300 estações LTE em toda a União Europeia, Noruega e Suíça.

Graças ao seu sistema integrado exclusivo, a EAN fornecerá banda larga de alta velocidade com flexibilidade melhorada, permitindo às companhias aéreas passar a disponibilizar este serviço avançado onde mais necessitam.

2017-11-22 | Atualidade Nacional

Cláudia Goya passa a chairman e Paulo Neves sai do grupo


2017-11-20 | Atualidade Nacional

Operador não aceita nem compreende posição


Vão disponibilizar serviço gratuito a consumidores e PME


2017-11-17 | Breves do Sector

Altice faz acordo a nível europeu