NOS reforça crescimento em 2018

2019-03-11 Pelo quarto ano consecutivo, a NOS apresentou crescimentos nos indicadores operacionais e financeiros. O que para o líder do operador, se traduziu numa significativa conquista de quota de mercado. As melhorias de eficiência no grupo também contribuíram, com o processo de digitalização das suas operações.

O operador registou no ano passado receitas de exploração de 1,57 mil milhões de euros, mais 1,1% que um ano antes. O que foi atribuído ao crescimento de 2,1% do número de serviços. O EBITDA consolidado subiu 2,8%, para 591,8 milhões de euros, ficando o resultado consolidado líquido nos 141,4 milhões, com um crescimento de 15,8%.

No total dos serviços, a NOS alcançou os 9,605 milhões, com 193 mil novos clientes face ao ano anterior, ou seja, 2,1% mais. No negócio móvel, o número de subscritores atingiu 4,779 milhões, com adições líquidas de 106 mil novos clientes.

Já no fixo, os subscritores de televisão por subscrição aumentaram 2,5%, para 1,623 milhões. Também na banda larga fixa e telefone fixo continuou a registar-se uma evolução positiva, com crescimentos de 4,2% e 1,3%, para 1,390 milhões e 1,781 milhões, respetivamente. O grupo ficou com 1,5 milhões de clientes de serviços empresariais, adiantando que continua a conquistar clientes muito importantes no segmento corporate, quer no setor público quer no setor privado.

No exercício, o CAPEX total mante-se ao nível de 2017, nos 375,7 milhões de euros. A NOS reforçou a cobertura da rede fixa de nova geração, aumentando o número de casas passadas cerca de 327,2 mil face a 2017. No total ficou com 4,408 milhões de casas com acesso a fibra. Já nos negócios de cinema e audiovisuais o número de bilhetes vendidos em Portugal situou-se em 8,889 milhões, um decréscimo de 5,9% face a 2017.

A NOS registou, em 2018, um sólido crescimento no número de serviços, reforçando a sua posição competitiva no mercado. O número total de serviços atingiu, no final de 2018, 9,6 milhões, um incremento de 2,1% face ao ano anterior.

De acordo com o líder da NOS, Miguel Almeida, o operador “continuou o seu percurso de crescimento, aumentando o número de clientes, num mercado que atingiu a sua maturidade, crescendo as suas receitas, apesar da continuada queda dos preços e melhorando os seusresultados, fruto do processo de digitalização das suas operações que leva a melhorias de eficiência. Foi o quarto ano consecutivo a crescermos em todos os indicadores, o que se traduz numa significativa conquista de quota de mercado”.

“Sendo a NOS a única empresa portuguesa a atuar no setor das comunicações, estes resultados são o testemunho da qualidade e dedicação de todos os nossos colaboradores, que todos os dias dão o seu melhor para disponibilizarem elevados níveis de qualidade e os mais avançados serviços aos nossos clientes. O nosso sucesso a eles se deve e são eles o maior garante de que continuaremos a ser ator principal no desenvolvimento social e económico do nosso país”, acrescentou.

2019-06-17 | Atualidade Nacional

No decurso do MOCHE XL Esports by Huawei


2019-06-14 | Atualidade Nacional

João Bento reverte estratégia adotada até agora pelo grupo postal


Innovation Scoreboard 2019 mostra melhoria do desempenho


Fabricante prepara-se para corte de serviços com empresas dos EUA


2019-06-11 | Breves do Sector

Para ajudar as empresas a compreender melhor e prever problemas


2019-06-06 | Breves do Sector

É o único operador a disponibilizar aplicação de tv em consolas