Operadores lideram nas queixas dos consumidores

2019-01-31 Os operadores de telecomunicações lideram o número de reclamações apresentadas no ano passado à Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO). E dentro destes, é a Meo, da Altice Portugal, a mais visada pelas queixas dos consumidores, seguida da NOS e da Vodafone.

No total, a associação recebeu 34.956 queixas na área das telecomunicações, sendo que no caso da Meo os consumidores queixaram-se sobretudo por terem de pagar um euro para terem acesso, em papel, à fatura dos serviços prestados. Mas há outros operadores com queixas, nomeadamente na Nowo, cujos clientes deixaram de ter em novembro acesso à Sport TV. O período de fidelização, faturação, práticas comerciais desleais e dificuldade no cancelamento do contrato são outras das queixas.

No balanço das queixas apresentadas no ano passado, os serviços de compra e venda surgem na segunda posição, com 25.345 queixas, sobretudo nas vendas online da Worten, com problemas para ativar a garantia, incumprimento de prazos de entrega, falta de informação, práticas desleais nas promoções e incumprimento dos prazos no direito de livre resolução no caso das vendas digitais.

O setor bancário é foi também o que registou mais reclamações sobre os serviços prestados - 19.249 - onde se destacaram a CGD e a Wizink. Falta de informação sobre crédito à habitação, exclusão, franquias e valor da indemnização na área dos seguros são os principais temas de reclamações. Tal como as comissões bancárias.

Água e energia também são setores muito reclamado, por atraso no envio da fatura, consumos excessivos, dupla faturação, práticas comerciais desleais na mudança de comercializador, falta de informação e recurso à execução fiscal para pagamento. A Deco destaca ainda negativamente a CP e os CTT por falta de qualidade dos serviços prestados aos clientes.

No total do ano passado, 376 mil consumidores entraram em contacto com a DECO para reclamar de produtos e serviços. No ano anterior, tinham sido mais de 400 mil.

2019-02-15 | Atualidade Nacional

Acordo abrange áreas da mobilidade, colaboração, eficiência energética e processos


2019-02-15 | Atualidade Nacional

Salientando que pode comprometer investimentos


No âmbito da sustentabilidade do planeta e com recurso à tecnologia


2019-02-13 | Breves do Sector

Diretor Geral da Comissão Europeia e Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior estiveram presentes


2019-02-12 | Breves do Sector

Solução inovadora do SuccessFactors impulsionam o alto desempenho