Serviços de portabilidade descem preços até 62%

2018-02-16 A Anacom, os operadores com obrigações de portabilidade e a entidade de referência que gere a base de dados dos números portados, a Portabil, chegaram a acordo sobre a revisão dos preços associados à prestação dos serviços de portabilidade. Assim, os preços de subscrição mensal terão uma redução significativa, até 62%, face aos valores em vigor desde 2015.

Entre as alterações introduzidas inclui-se a redução dos preços para a subscrição mensal, em 40%, tendo ainda sido criadas duas novas mensalidades. Uma mensalidade para operadores que portam menos de 300 números, cuja redução é de 52%; e outra para aqueles que apenas encaminham tráfego, caso em que a descida é de 62%.

Estas medidas, promovidas pelo regulador, permitem reduzir substancialmente os custos em que incorrem os operadores com obrigações de portabilidade, potenciando a entrada de novos operadores no mercado e fomentando a concorrência no sector das comunicações eletrónicas.

A adenda ao respetivo contrato será assinada no dia 28 de fevereiro pelas partes signatárias do mesmo, a Anacom, os operadores e a Portabil, e produz efeitos retroativamente, a 1 de janeiro de 2018.

No total, desde a introdução da portabilidade em 2001 até 31 de janeiro de 2018, foram portados 8,3 milhões de números, sendo que 4,1 milhões são números do serviço móvel e 4,2 milhões são números do serviço fixo de telefone. De acordo com os últimos dados disponíveis, no período entre 1 de fevereiro de 2017 e 31 janeiro de 2018 foram portados 804.826 números.

2018-06-15 | Atualidade Nacional

Operação deverá ser chumbada pelo regulador


2018-06-15 | Atualidade Nacional

Para pagar o empréstimo obrigacionista


Oferta de gigante de comunicações é de 65 mil milhões de dólares


2018-06-14 | Breves do Sector

Para responder às necessidades das empresas dentro e fora do escritório


2018-06-14 | Breves do Sector

Com vasto conjunto de soluções IoT