Transformação digital: processo contínuo e transversal

2017-11-17 A transformação digital é um processo contínuo e vai manter-se, sendo uma responsabilidade transversal a todas as áreas dentro da organização e não apenas de algumas. A conclusão é de um estudo realizado pela Randstad no 2º Digital Business Congress, que decorreu a 27 e 28 de setembro.

De acordo com um inquérito realizado a um universo de 540 pessoas sobre o tema da transformação digital, metade entende que este é um processo contínuo. Para garantir uma verdadeira mudança, as organizações têm que apostar em vários fatores críticos, desde a formação ao desenvolvimento de pessoas e às competências digitais dos colaboradores até à definição clara de processos, comunicação do projeto e forte investimento em TI.

Para os entrevistados, os fatores onde a transformação digital terá mais impacto na organização serão as ferramentas e plataformas de trabalho, seguidas da cultura organizacional, da gestão de pessoas, dos produtos e serviços e dos canais de distribuição.

Cerca de 54% considera que a responsabilidade pelo processo de mudança é transversal a todas as áreas. Já 18% entente que caberá, em o primeiro lugar, ao CEO de administração, 95 à inovação e 7% a uma pessoa ou equipa dedicada ao tema.

2018-08-09 | Atualidade Nacional

Sobre a oferta para acesso a postes


2018-08-07 | Atualidade Nacional

Regulador setorial propõe entregar ao Estado 33,6 milhões


Com criação de 700 mil postos de trabalho ao longo dos próximos 3 anos


No desenvolvimento de veículos inteligentes conectados


2018-08-02 | Breves do Sector

App NOS Kids disponível para Android e iOS e brevemente na web