Turismo: ‘The Journey’ escolhe 14 startups que passam à fase de piloto

2018-09-18 O Turismo de Portugal, tendo como parceiros o Grupo Barraqueiro, Geostar, Pestana Hotel Group, SATA Azores Airlines e NOS, reafirma a sua relação com a inovação, com a segunda edição do ‘The Journey’, programa de inovação aberta dedicado à indústria do Turismo. Após uma semana onde 20 startups dos Estados Unidos, Singapura, Colômbia, Brasil e de vários pontos da Europa se reuniram em Lisboa para debater e ajudar a injetar inovação no turismo nacional, foram selecionadas 14 finalistas.

As 14 escolhidas são aPieceof.me, City Check, Convious, Destygo, GoWi-Fi, Hopstay, Omikuji, Personal2Travel, Social CxN, Timescenery, Venture With Impact, Wall-i, WeTravel e Waylo, que vão gerir produtos-piloto, em estreita ligação com os parceiros do programa.

No decurso desta semana, a Beta-i ajudou a dotar os candidatos das ferramentas necessárias para que estes preparassem um business case adaptado às necessidades dos parceiros e um plano de ação que maximize a probabilidade de sucesso do piloto. Como exemplo, a Wall-i irá recorrer a tecnologia de visão computacional e internet of things para gerar e apresentar em ecrãs e tablets conteúdos adaptados ao género, idade e humor dos clientes dos parceiros.

Esta segunda edição do programa foi desenhada de forma a selecionar, a uma escala global, as startups que estejam em melhor posição para colmatar desafios de inovação no sector. Para alcançar este objetivo, o âmbito de seleção não foi dedicado apenas a empreendedores que atuem exclusivamente no sector do Turismo, abrindo assim o leque a ferramentas que estejam atualmente a ser utilizadas noutras indústrias, mas que possam ser relevantes neste contexto e para este sector.

Note-se que esta segunda edição do programa está centrada em áreas de atuação como a gamificação, o aumento de conversão via canal direto, o uso de big data e dados analíticos, a gestão de acessos a propriedades remotamente, a robótica para o sector hoteleiro, as plataformas de gestão de influenciadores digitais, a transmissão multimédia imediata, as plataformas de pagamentos que evitam intermediários, ou a interação multiplataforma com o cliente, por exemplo.

Seguem-se dois meses de aceleração/pilotagem, com início hoje, onde os parceiros de aceleração terão a possibilidade de desenvolver produtos-piloto com as startups selecionadas. Os resultados dos mesmos serão apresentados no Lisbon Tourism Summit, agendado para o próximo dia 20 de novembro

2018-12-07 | Atualidade Nacional

Operador assina protocolos com várias autarquias


Por uso de dados para fins comerciais


2018-12-06 | Breves do Sector

Primeiro evento internacional dedicado a investidores


2018-12-05 | Breves do Sector

Monitores de análise clínica otimizados para configurações de assistência médica