Vodafone acelera crescimento até setembro

2017-11-14 Mais clientes 4G, mais subscritores do fixo e uma cobertura em fibra de 2,7 milhões de casas. A Vodafone Portugal está a crescer há dois anos as suas receitas de serviços, que no semestre que terminou em setembro voltaram a subir 5,7%-
No total, o operador alcançou no seu primeiro semestre do ano fiscal, que terminou em setembro, os 482 milhões de euros de receitas de serviços, mais 5,7% face a período homólogo do ano passado. As receitas totais aumentaram 4,2%, atingindo 513 milhões de euros.

Em comunicado, a empresa adianta que o desempenho do último trimestre (julho a setembro) “reflete a estabilidade do segmento móvel, impulsionado pela sazonalidade associada ao período de verão e pelo incremento na utilização de dados móveis, bem como pelo forte dinamismo do segmento fixo#.
Assim, a base de clientes do negócio fixo aumentou 15,2% em termos anuais, para 629 mil. O que evidencia “o sucesso, num ambiente de plena convergência, da estratégia de investimento e de diversificação do negócio”. Adianta-se ainda que na televisão por subscrição, a empresa cresce há 15 trimestres consecutivos, de acordo com os últimos dados disponibilizados pela Anacom relativos a junho deste ano.

Já no segmento móvel, A Vodafone tem já 1,55 milhões de clientes 4G, com um crescimento homologo de 43,6% YoY. No total, tem 4,7 milhões de clientes móveis. Este segmento beneficiou dos meses de verão, altura em que as subscrições móveis são mais elevadas. A subir está também a utilização de dados móveis: 70,9% face a um ano antes. Um forte dinamismo que se justifica pelo “aumento da penetração de smartphones, que já ascende a 68,5% da base de equipamentos”.

“Os resultados do primeiro semestre mostram o sucesso da estratégia da Vodafone de enfoque no cliente e na qualidade de serviço. Nos últimos quatro anos aumentámos a nossa rede de fibra de última geração em cerca de 7x, atingindo hoje 2,7 milhões de casas e empresas, ao longo de mais de 40 mil quilómetros, o suficiente para uma volta completa da circunferência da Terra. Mas não queremos ficar por aqui e o acordo recente garante que a Vodafone irá chegar a 4 milhões de casas e empresas, multiplicando assim por 10 vezes a capilaridade da sua rede de fibra de última geração”, afirma Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.

Recorde-se que recentemente a Vodafone fez um acordo de partilha de redes de abrangência nacional com a NOS, além de ter concluído mais uma etapa do projeto de reforço contínuo de cobertura e capacidade da sua rede móvel de última geração.

2017-11-22 | Atualidade Nacional

Cláudia Goya passa a chairman e Paulo Neves sai do grupo


2017-11-20 | Atualidade Nacional

Operador não aceita nem compreende posição


Vão disponibilizar serviço gratuito a consumidores e PME


2017-11-17 | Breves do Sector

Altice faz acordo a nível europeu