Vodafone Portugal apresenta 1º protótipo de smartphone 5G

2018-12-14 A Vodafone Portugal apresentou esta semana, pela primeira vez no mercado nacional, o protótipo de um smartphone 5G. Em paralelo, foi feita a primeira videochamada 5G, em ambiente de realidade virtual, entre Lisboa e Orlando, nos EUA. Este protótipo está ligado a uma rede pré-comercial da Ericsson, parceira tecnológica do operador, com um chipset da Qualcomm.

A estreia decorreu à margem da final da 6.ª edição do Big Smart Cities, concurso de inovação tecnologia cujo foco foi este ano o 5G. O presidente do operador, Mário Vaz, referiu que este foi um “marco histórico” que colocou a empresa “na linha da frente da inovação em Portugal”.

De acordo com um comunicado da Vodafone, “esta demonstração representa um avanço tecnológico sem precedentes no percurso que as duas empresas têm vindo a desenvolver na preparação do lançamento comercial da rede móvel do futuro, tendo sido possível ver no ecrã de um smartphone, pela primeira vez em Portugal, o ícone de rede 5G”.

A par do protótipo do smartphone 5G, foram ainda apresentados mais dois exemplos do estado atual desta tecnologia. Como a primeira videochamada em ambiente de realidade virtual realizada em Portugal e um jogo VR multiplayer. Na ligação do smartphone 5G, foi usada uma solução end-to-end pré-comercial da Ericsson – com uma antena de última geração Massive MIMO Air 6488 na faixa dos 3,6 GHz – e o protótipo do smartphone da Qualcomm com chipset Snapdragon™ X50.

“Com esta demonstração, a Vodafone dá mais um significativo passo tecnológico no que diz respeito ao futuro da inovação em Portugal. Além de apresentar o protótipo de um telemóvel 5G, esta demonstração concretiza os standards 5G Non-Standalone (NSA) fechados pela Indústria para a comercialização desta tecnologia”, adianta o comunicado.
Trata-se de “um importante marco, que coloca a Vodafone, mais uma vez, na linha da frente da inovação em Portugal. Começámos a antecipar o futuro há um ano, quando realizámos os primeiros testes de 5G em ambiente de laboratório, e hoje desvendamos mais um pouco da realidade que vamos começar a viver num futuro breve: smartphones 5G nas ruas, ainda mais versáteis e velozes que os atuais, capazes de responder às necessidades de comunicação dos nossos Clientes. A Vodafone sempre liderou a introdução de novas tecnologias em Portugal e hoje mostramos, mais uma vez, que o 5G não será exceção”, diz Mário Vaz.

“Governo, Academia, startups e empresas vão ter um papel preponderante dentro do ecossistema do 5G. Imagine-se o poder de uma indústria com 6 mil milhões de subscritores e o potencial que o 5G trará para todos estes intervenientes. Estão reunidas todas as condições para o desenvolvimento da rede móvel do futuro, e a Ericsson orgulha-se de, juntamente com a Vodafone, estar na liderança desta revolução”, acrescenta Luis Silva, Presidente da Ericsson Portugal.

Na primeira demonstração de videochamada 5G, intitulada Immersive Conference, mostrou-se que é possível a realização de conferências dinâmicas à distância, com a apresentação de vídeos, fotografias, objetos em 3D, entre outros, sempre em ambiente de realidade virtual. Esta experiência verdadeiramente imersiva possibilita que pessoas em diferentes pontos geográficos colaborem e comuniquem entre si em tempo real. Outra das áreas onde a baixa latência e a alta taxa de transmissão vão desempenhar um papel decisivo é a do entretenimento, como ficou comprovado com a terceira demonstração apresentada: VR Multiplayer Gaming, onde dois jogadores competem, em simultâneo e sem falhas, entre si.

2019-03-21 | Atualidade Nacional

A recolha de donativos começa a 25 de março e decorre até 8 de abril


2019-03-21 | Atualidade Nacional

No âmbito da 6ª ronda de financiamentos do projeto


Empresas vão ainda trabalhar ao nível da inovação em I&D


2019-03-21 | Breves do Sector

Assim como novas funcionalidades baseadas em IA


2019-03-20 | Breves do Sector

Para gerir o tráfego de drones em segurança