Vodafone Portugal sobe receitas e clientes

2019-01-25 A Vodafone Portugal terminou o terceiro trimestre do seu ano fiscal, entre outubro e dezembro, com receitas totais de 261 milhões de euros, mais 3% que um ano antes. Tudo graças ao reforço dos principais indicadores de negócio, com destaque para o aumento de clientes no negócio fixo.

Em comunicado, a empresa liderada por Mário Vaz viu as receitas de serviços aumentaram 2,9%, fixando-se em 242 milhões de euros. O que reflete a a estabilização do segmento móvel e o crescimento sustentado do negócio fixo, particularmente na televisão paga.

No trimestre, base de clientes fixos aumentou 9,2%, para um total de 704 mil subscritores. Ficou com 657 mil cientes de banda larga fixa. Já no segmento móvel, o reforço no número total de clientes foi de 1,3%, registando-se um aumento continuo da base de clientes 4G, de 20,8%. No total, encerrou o trimestre com 4,691milhões de clientes móveis.

“É com satisfação que vemos reconhecida pelos nossos clientes a adequação da nossa oferta ao evoluir do perfil de utilização dos serviços de telecomunicações neste período de transformação digital. Oferta que é suportada pela nossa rede de última geração – móvel e fixa – e, acima de tudo, pela atenção dedicada ao acompanhamento dos nossos Clientes, como é aliás certificado por diversos estudos independentes de entidades credíveis”, afirma Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal, no comunicado.

A empresa destaca como marcos relevantes do trimestre ter alcançado, na app My Vodafone a fasquia de um milhão de utilizadores únicos e um total de visitas superior a 10 milhões no mês de dezembro.

2019-08-02 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão segue agora para consulta pública


Há menor procura dos modelos topo de gama


2019-07-25 | Breves do Sector

Nas modalidades de carregamento e pagamento por fatura