Vodafone Portugal ultrapassa os mil milhões em receitas

2018-05-15 Com um crescimento de 3,3% no seu exercício fiscal, que terminou a 31 de março, a Vodafone Portugal registou receitas totais de 1,14 mil milhões de euros. Já as receitas de serviços foram de 950 milhões, mais 4,6% que um ano antes. Os números do 4º trimestre do ano confirmam que a empresa se mantém a crescer há pelo menos 10 trimestres consecutivos num “ambiente setorial desafiante e em transformação”, refletindo o “posicionamento estratégico, assente na diferenciação e no crescimento orgânico dos seus negócios”, diz o operador em comunicado.

Contabilizando apenas no quarto trimestre, que encerra o ano fiscal de 2017-2018, a Vodafone continuou a suportar o seu crescimento sobretudo no forte dinamismo do serviço fixo. As receitas de serviços foram de 232 milhões de euros, com um reforço 3,1% face ao período homólogo. As receitas totais subiram 3%, para 246 milhões de euros.

Segundo a empresa, estes resultados espelham, entre outras variáveis, o crescimento das receitas do serviço fixo, sustentado pelo contínuo incremento da base de clientes, onde tem um total de 657 mil subscritores, num aumento homologo de 11,3%.  O que a torna no “operador que mais cresce há quatro anos consecutivos”, segundo os dados da Anacom. Também os clientes de banda larga fixa cresceram 13,2%, fixando-se em 609 mil.

No decurso do ano fiscal, a Vodafone manteve a aposta na expansão da cobertura do seu serviço fixo a todo o País, chegando a mais de 2,7 mil milhões de lares e empresas através de uma rede de fibra de última geração que já contabiliza 32,2 mil quilómetros.

Já no que se refere aos clientes móveis, recuaram 2,3%, para um total de 4,606 milhões, tendo perdido no total do exercício 121 mil clientes de pré-pagos e ganho 11 mil clientes nos pós-pagos. Destaca-se o peso acrescido de clientes 4G, de 1,739 milhões (mais 26,4% face ao anterior). No mesmo período, a taxa de penetração de smartphones atingiu 73,5% da base ativa de clientes móveis e a utilização de dados móveis acelera 38,4%.

“A Vodafone Portugal encerra o ano fiscal de 2017-2018 completando um crescimento de 10 trimestres consecutivos do principal indicador de negócio. Este reforço da sua posição competitiva é fruto do sucesso da estratégia adotada e da capacidade de a Empresa responder positiva e adequadamente aos crescentes desafios do mercado. Ter a atuação centrada nas necessidades e expetativas dos Clientes, permanecer na vanguarda da inovação e o enfoque no digital continuarão a ser as diretivas estratégicas da atividade da Vodafone no ano fiscal de 2018-2019, permitindo entregar produtos, serviços e experiências com valor acrescido para os nossos Clientes”, afirma Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.

Introduzindo cada vez mais elementos digitais na sua oferta, a Vodafone diferencia-se das restantes opções do mercado com o lançamento do primeiro tarifário móvel totalmente desenhado pelos clientes, o Vodafone You, que permite uma experiência de utilização totalmente digital.

Este enfoque no digital, transversal à empresa, está igualmente patente na última campanha de marca lançada para o segmento empresarial. Sob o mote “Em que ano está a sua empresa? Este é o ano da transformação digital”, a Vodafone reforça o seu compromisso com as empresas, ajudando-as a tirar partido de novas ferramentas e tecnologias, capazes de transformar os negócios e melhorar a sua competitividade. Ao mesmo tempo, disponibiliza um Índice Digital para que o tecido empresarial português possa avaliar o seu atual grau de maturidade no processo de transformação digital.

No decurso do período em análise, e mantendo o foco no digital, a Vodafone Portugal, juntamente com o Grupo Vodafone, lança “What will you be?”, o maior programa mundial vocacionado para formar jovens em empregos digitais, duplicando o número de vagas no maior compromisso até agora assumido pela empresa.

2018-08-09 | Atualidade Nacional

Sobre a oferta para acesso a postes


2018-08-07 | Atualidade Nacional

Regulador setorial propõe entregar ao Estado 33,6 milhões


Com criação de 700 mil postos de trabalho ao longo dos próximos 3 anos


No desenvolvimento de veículos inteligentes conectados


2018-08-02 | Breves do Sector

App NOS Kids disponível para Android e iOS e brevemente na web