Web Summit: tecnologia para salvar o planeta

2017-11-10 O último dia da Web Summit ficou marcado pela intervenção de Al Gore, num Altice Arena completamente cheio e aplaudir de pé. O papel da tecnologia e da inovação na sustentabilidade ambiental e em áreas como a música ou o cinema ou até as campanhas políticas esteve em debate. E como é que os famosos podem usar o digital para causas? A manequim Sara Sampaio, a atriz Rosario Dawson e Caitlyn Jenner, a mulher transgénero mais famosa do mundo, disseram como. A inteligência artificial voltou a ser tema dominante, tal como as fake news e Trump. E o salto não podia ser mais positivo. "Tenho orgulho de Portugal e dos portugueses. Parabéns a todos", rematou o Presidente da República no encerramento da edição deste ano. Em 2018, "na mesma hora, no mesmo lugar".

Antes, Marcelo Rebelo de Sousa, não deixou se elogiar os inovadores e empreendedores presentes na Web Summit, que "estão em redor do mundo a criar uma revolução. Vocês são os transformadores da sociedade, cultura e forma de vida", apesar de estar preocupado com alguns políticos, que negam as alterações climáticas. Como aliás referiu Al Gore, antigo vice-presidente dos EUA e Nobel da Paz de 2007, que colocou na sua intervenção três questões: temos de fazer alguma coisa? Podemos fazer alguma coisa? Vamos fazer alguma coisa?

Não tendo dúvidas de que a resposta é afirmativa às duas primeiras questões, Al Gore não sabe quanto à terceira, porque está nas mãos de todos. "Podemos resolver este problema, temos de resolver e vamos resolver", referiu. A tecnologia dá todas as ferramentas para tal, como já está provado em áreas como a energia. "O mundo está a dar os primeiros passos de uma revolução de sustentabilidade tão importante como a Revolução Industrial, mas com a velocidade de uma revolução digital".

Ao longo do dia, no palco do Centre Stage discutiram-se temas como o que será a próxima grande inovação, onde as opiniões de dividiram entre os robots, a mobilidade e a IoT, que vai ligar tudo e todos. Ou inteligência artificial, nomeadamente as potencialidades de soluções como a assistente digital de voz Alexa. Ou ainda, de novo, as moedas virtuais, que preocupam uns e entusiasmam outros. 

As diferenças de taxação de impostos entre a Europa e os Estados Unidos ou saber se a carga fiscal paga atualmente pelas tecnológicas é ou não suficiente foram outros temas. Tal como o poder das plataformas digitais para denunciar pressões ou assédios, a transexualidade e a identidade de género, ou as fake news. Foi ainda anunciado o vencedor do venceu o concurso de startups da Web Summit, a LifeinaBox, que criou um mini frigorífico portátil para guardar medicamentos.

Pela edição desde ano da Web Summit passaram quase 60 mil participantes de 170 países. Estiveram presentes 1300 mil investidores de capital de risco, 1200 oradores, 2500 jornalistas e 2250 empresas no espaço de xposição na FIL. O impacto estimado na economia nacional é de 300 milhões de euros.
 

2017-11-22 | Atualidade Nacional

Cláudia Goya passa a chairman e Paulo Neves sai do grupo


2017-11-20 | Atualidade Nacional

Operador não aceita nem compreende posição


Vão disponibilizar serviço gratuito a consumidores e PME


2017-11-17 | Breves do Sector

Altice faz acordo a nível europeu