Cisco acelera a evolução multi-cloud

2018-01-29 A Cisco HyperFlex, a plataforma inovadora hiperconvergente da Cisco, já tem uma versão 3.0, que acrescenta suporte para Microsoft Hyper-V, containers e novos serviços multi-cloud para desenvolver, monitorizar e gerir todas as aplicações em qualquer cloud e a qualquer escala.

As melhorias incluem o suporte para Microsoft Hyper-V, stretch clusters, containers e os novos serviços multi-cloud que permitem desenvolver, monitorizar e gerir as aplicações em qualquer cloud, facilitando o desenvolvimento e a implementação tanto de aplicações tradicionais como de aplicações nativas cloud numa mesma plataforma hiperconvergente. A nova versão da HyperFlex aumenta ainda mais o poder da simplicidade para as empresas.

Ao contrário da HyperFlex, as outras soluções hiperconvergentes passam por omitir a importância da rede e dos sistemas de arquivos difundidos, de modo a garantir o rendimento e a escalabilidade dos servidores agregados. A Cisco redefiniu a hiperconvergência através de uma proposta completa que combina servidores de elevado desempenho e tecnologia de rede com um sistema de arquivos, projetado especificamente para a plataforma. O resulto é um desempenho líder no mercado, que permite aos clientes suportar eficazmente uma grande variedade de aplicações, incluindo bases de dados e aplicações ERP importantes.

A versão 3.0 do software HyperFlex proporciona melhorias significativas para as aplicações essenciais e para cargas de trabalho cloud nativa: suporte ‘multi-hipervisor’; suporte a container; e validação de aplicações empresariais. E é uma plataforma concebida para a multi-cloud, aproveitando a integração com o portfólio de software multi-cloud da Cisco, numa altura em que as organizações exigem cada vez mais mobilidade do volume de trabalho e monitorização das aplicações, através de clouds públicas e privadas.

2018-11-09 | Atualidade Nacional

Terminou mais uma edição do maior encontro europeu de inovação e empreendedorismo


2018-11-09 | Atualidade Nacional

No âmbito do acordo a 10 anos assinado em outubro


Negócio deverá estar concluído no 1º semestre de 2019


Para financiar investimento em startups tecnológicas


2018-11-12 | Breves do Sector

Parceria para o segmento empresarial


2018-11-05 | Breves do Sector

Grupo é parceiro tecnológico do evento pelo 3º ano consecutivo