Cisco com funcionalidades de armazenamento em rede de nova geração

2017-04-17 A quantidade de dados armazenados nos data centers à escala global vai multiplicar-se por cinco até alcançar 915Exabytes em 2020, de acordo com dados do último Relatório Cisco Global Cloud Index. Por isso, a tecnológica acaba de anunciar importantes inovações para as redes de armazenamento de nova geração, concebidas para ajudar as organizações a aceder, gerir e autorizar estes dados armazenados e responder às exigências de negócio da nova era digital.

Com este anúncio, a Cisco oferece aos clientes de redes de armazenamento um rendimento em Fibre Channel (FC) de 32GB entre o MDS storage director e a plataforma Unified Computing System (UCS), além de analítica de redes de armazenamento e suporte Non-Volatile Memory express (NVMe) sobre o FC para todos os dispositivos de memória flash.

“Na Cisco continuamos amplamente comprometidos com o mercado de armazenamento em rede e estamos muito satisfeitos por poder oferecer inovadoras funcionalidades para a economia digital, além de podermos ajudar a proteger os investimentos feitos pelos clientes. Com uma instalação simples de um módulo económico, os clientes podem dar o salto para as redes de armazenamento de nova geração, que oferecem fabric de 32 Gb com analítica SAN e suporte de memória flash”, diz Thomas Scheibe, Diretor Sénior de Gestão de Produto para as Soluções de Data Center na Cisco.

A disponibilidade das soluções está prevista para maio.

2017-09-22 | Atualidade Nacional

Operador do serviço universal terá que aplicar novas regras já em outubro


2017-09-22 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão do regulador setorial


Poderia afetar 2 mil milhões de utilizadores à escala global


Objetivo é agilizar mudanças no mercado mundial


2017-09-19 | Breves do Sector

Parceria responde às mudanças no panorama de segurança


2017-09-19 | Breves do Sector

Para otimizar as suas aplicações e serviços