Mango estreia provadores digitais com tecnologia Vodafone

2018-02-16 A Vodafone está a colaborar com a cadeia de moda internacional Mang no programa de desenvolvimento de provadores digitais para as maiores lojas que o grupo tem em todo o mundo. Suportado na Internet das Coisas, o novo conceito de provadores baseia-se num espelho digital criado pela Mango e desenvolvido pela Vodafone em colaboração com a Jogotech.

Este espelho permite ao cliente fazer a leitura digital da etiqueta de uma peça de roupa no provador e contactar automaticamente um colaborador da loja para pedir diferentes cores e tamanhos. O espelho também irá sugerir outras peças de roupa para complementar a primeira escolha.

O objetivo da Mango é expandir o conceito de provadores digitais às suas maiores lojas, de Barcelona a Nova Iorque, e dessa forma aproximar a experiência de compras real e online dos clientes. Esta é a primeira fase de um projeto de transformação digital da Mango, com vista a uma maior aproximação e identificação dos clientes com a marca.

“Este projeto coloca a Mango mais perto dos seus clientes, oferecendo-lhes mais opções e experiências face aos atuais e convencionais provadores”, refere Stefano Gastaut, diretor do departamento de Internet das Coisas da Vodafone.

“Este projeto é muito entusiasmante para a Mango. Olhamos para o futuro do retalho como uma mistura dos mundos online e offline. Estes novos provadores são mais um passo para a transformação digital das nossas lojas com o objetivo de criar uma experiência totalmente nova para os nossos clientes”, acrescenta Guillermo Corominas, responsável do Departamento de Clientes da Mango.
 
 
 

2018-06-15 | Atualidade Nacional

Operação deverá ser chumbada pelo regulador


2018-06-15 | Atualidade Nacional

Para pagar o empréstimo obrigacionista


Oferta de gigante de comunicações é de 65 mil milhões de dólares


2018-06-14 | Breves do Sector

Para responder às necessidades das empresas dentro e fora do escritório


2018-06-14 | Breves do Sector

Com vasto conjunto de soluções IoT