Nova Oracle Exadata otimiza níveis de desempenho

2019-06-28 Já está disponível a novo Oracle Exadata Database Machine X8, com novos aperfeiçoamentos revolucionários a nível do hardware e do software, bem como com funcionalidades únicas de machine learning. Com níveis extremos de disponibilidade e de desempenho, a Oracle Exadata é a fundação da Oracle Autonomous Database, a primeira base de dados autónoma do mundo, e das Oracle Cloud Applications.

No ano fiscal de 2018, a Exadata registou o maior recorde de sempre nas vendas de produtos, graças à adoção contínua das múltiplas cargas de trabalho tais como OLTP, Analytics e IoT em vários mercados verticais, tais como serviços financeiros, retalho, eletrónica e telecomunicações.

“Nos últimos dez anos, a Exadata tem corrido as principais cargas de trabalho de milhares de clientes espalhados por todo o mundo, e agora também suporta a Oracle Autonomous Database e as Oracle Cloud Applications. A partir de hoje, estamos a acrescentar um abrangente leque de novas funcionalidades baseadas nas tecnologias de inteligência artificial e de machine learning, para aumentar ainda mais as vantagens de negócio oferecidas pela Exadata”, afirma Juan Loaiza, executive vice president, Mission-Critical Database Technologies, da Oracle.

Com a Exadata X8, a Oracle introduz funcionalidades únicas de machine learning, incluindo a Indexação Automática, que proporciona de forma contínua a aprendizagem e o ajuste das bases de dados, de acordo com as mudanças de padrões que vão ocorrendo. Graças à tecnologia da Oracle Autonomous Database, todo o processo é automático e contribui para melhorar o desempenho das bases de dados, ao mesmo tempo que elimina as tarefas manuais de ajuste e indexação nas aplicações críticas. A Exadata X8 também inclui a monitorização automatizada e escalável do desempenho da cloud, conjugando a inteligência artificial com os vários anos de experiência que a Oracle possui na avaliação do desempenho no mundo real, e as melhores práticas para detetar automaticamente os problemas de desempenho e determinar a sua causa, sem intervenção humana.

Os mais recentes aperfeiçoamentos do hardware da Exadata X8 incluem os novos processadores Intel Xeon e a tecnologia flash PCIe NVME para proporcionar níveis acrescidos de desempenho - um aumento de 60% em todo o armazenamento flash e de mais 25% em IOPS por cada servidor de armazenamento face à Exadata X7. Cada servidor de armazenamento da Exadata X8 inclui agora mais 60% de núcleos para descarregar o processamento da Base de Dados Oracle e mais 40% de capacidade de disco para suportar o crescimento massivo dos dados e as estratégias de consolidação das bases de dados. Estas melhorias foram introduzidas sem qualquer aumento de preço, pelo o nível de desempenho da plataforma Exadata passou a ser ainda maior.

Adicionalmente, disponibiliza também um servidor de armazenamento muito mais barato para o armazenamento dos dados que raramente são acedidos, dos dados antigos ou dos dados relativos à regulamentação. Todos os clientes de dados têm agora ao seu alcance o amplo leque de benefícios oferecidos pela arquitetura escalável da Exadata e do armazenamento da Oracle Database aos mesmos preços do armazenamento de objetos Hadoop, incluindo a transparência das aplicações, a consistência dos modelos operacionais, a compressão colunar híbrida (hybrid columnar compression- HCC) e o mesmo modelo de segurança com encriptação em todas as camadas.

2019-11-13 | Atualidade Nacional

Grupo sobe receitas e clientes em todos os segmentos de mercado


2019-11-13 | Atualidade Nacional

Com crescimento nos negócios fixo e móvel


Negócio deverá ficar fechado em 2020


Em causa está a preferência dos consumidores pelo online