Tecnologia Cisco em sensor de medição de consumo elétrico

2018-04-03 Um grupo de alunos da disciplina de Internet of Things dos mestrados de tecnologia do ISCTE-IUL criou um sensor de consumo elétrico com tecnologia Cisco. O sensor foi criado a partir de um pequeno Kit de teste e desenvolvimento no recém-instalado “ISCTE-IUL LoRa LAB” powered by Cisco e já foram enviadas as primeiras mensagens originadas por ele.

A criação deste sensor foi possível graças à recente aposta da ISTA - Escola de Tecnologia e Arquitetura do ISCTE-IUL na instalação do “ISCTE-IUL LoRa LAB”, assente numa infraestrutura LoRa da Cisco. Este investimento tem como objetivo acompanhar a evolução e inovação tecnológicas, sustentando o progresso pedagógico dos cursos lecionados e tornando o ISCTE-IUL numa entidade de referência no domínio da IoT.

A infraestrutura Cisco LoRa, é baseada num protocolo de comunicações que está a revolucionar o mundo da IoT, sobretudo no contexto das Smart Cities. Livre de operador, permite com uma única Gateway/Antena cobrir até 15 km de raio (30 km de diâmetro) em área “aberta”, onde poderão coexistir milhares de sensores dos vários casos de uso para smart cities.

Estes sensores permitem obter dados em tempo real de diversas fontes de informação, sendo utilizados em ferramentas de apoio à tomada de decisão que resultam em benefícios e otimizações nos processos de melhoria contínua dos serviços prestados à comunidade, contribuindo para um melhor conhecimento da dinâmica urbana e uma melhoria na qualidade de vida.

Em alguns casos de sucesso, relacionados com a monitorização e gestão de recursos hídricos, resíduos, iluminação pública, espaços urbanos, entre muitos outros, foi possível comprovar que a utilização de uma rede LoRa para a comunicação de sistemas inteligentes e sensores, pode traduzir-se em reduções até 60% de custos diretos, nomeadamente nos consumos de água, energia e combustível.

A infraestrutura que equipa o “ISCTE-IUL LoRa LAB” é composta por duas Gateways de classe empresarial/industrial da Cisco, instaladas em ambiente exterior e interior, de modo a abranger ambientes diversos, suportando equipamentos laboratoriais, informáticos e outras ferramentas específicas.

Deste modo, o ISCTE-IUL proporciona aos seus alunos ferramentas e tecnologias inovadoras, que potenciam o desenvolvimento de soluções IoT, possibilitando a articulação e possível integração direta em ambientes produtivos, empresariais e industriais, onde os produtos testados, analisados e fabricados no laboratório adquirem uma aplicação prática e real, de acordo com as necessidades do mercado.

“Poder colaborar com o ISCTE-IUL é uma excelente oportunidade para a Cisco, não só na medida em que disponibilizamos ferramentas e plataformas que oferecem aos alunos a possibilidade de desenvolverem as suas ideias e projetos, mas também pela oportunidade de estarmos presentes na formação dos futuros especialistas portugueses em tecnologias IoT. O ISCTE-IUL está de parabéns pelo desenvolvimento deste projeto pioneiro em Portugal, e a Cisco orgulha-se de ser parte integrante do mesmo”, refere António Feijão, IoT Lead na Cisco Portugal.

2018-07-16 | Atualidade Nacional

Anacom aprova Regulamento de Segurança das Redes e Serviços de Comunicações


2018-07-16 | Atualidade Nacional

Associados beneficiam de desconto na edição deste ano do evento


UE admite avançar com medidas coercivas contra a plataforma


Através de uma operação de 2,5 mil milhões de dólares


2018-07-12 | Breves do Sector

De 16 a 20 de julho, na Ribeira Grande e Ponta Delgada


2018-07-12 | Breves do Sector

Uma solução tecnológica PT Empresas