Vodafone Portugal converte as três fábricas da Elis em unidades digitais

2018-02-26 A Vodafone Portugal acaba de implementar uma solução integrada de IoT, que abrange monitorização de consumos energéticos, industriais e controlo da pegada ecológica, nas três unidades fabris da Elis. O modelo será implementado na unidade industrial da empresa, atualmente em construção em Torres Vedras.

Esta solução de Indústria 4.0 foi instalada nas fábricas da Elis, emFamalicão, Porto Alto e Algoz. Este projeto, de elevada amplitude e sofisticação tecnológica, alia digitalização e indústria e dá resposta à ambição da Elis em acompanhar a revolução em curso.

A empresa pretende modificar processos e ritmos de trabalho para materializar os novos paradigmas de negócio e alcançar uma efetiva maturidade digital. A multinacional de origem francesa, cotada na bolsa de Paris, tem 140 anos experiência, uma presença em 28 países e dois continentes e é líder na Europa e em Portugal em multisserviços de aluguer e manutenção de roupa lisa para a hotelaria e restauração, vestuário de trabalho, equipamentos de higiene e bem-estar, bebidas (água e café) e controlo de pragas.

A solução IoT Vodafone Smart Buildings, no âmbito da Indústria 4.0, foi testada durante um ano com o recurso a uma versão piloto, na unidade fabril de Porto Alto. Após confirmação de uma maior eficácia na gestão de processos fabris e eficiência na utilização dos recursos, o projeto, desenvolvido pela Vodafone Portugal em parceria com a Thinkdigital, foi implementado, no final de 2017 nas três unidades fabris de grande dimensão distribuídas no território continental: Famalicão e Algoz, além de Porto Alto.

O mesmo modelo digital será também implementado na unidade industrial de Elis atualmente em construção em Torres Vedras. O projeto, num investimento total de 20 milhões e que irá duplicar a capacidade catual implantada, tem arranque previsto para julho 2018.

Em traço gerais, a solução prevê a: monitorização e redução de custos com o consumo elétrico, global e parcial; monitorização e redução de custos com o consumo de gás, global e parcial; monitorização do consumo de água industrial; monitorização do consumo de ar comprimido industrial e respetivos desperdícios; monitorização e redução da pegada ecológica, nomeadamente na unidade de tratamento de água residual, através do controlo do processo bioquímico de tratamento das águas sujas; monitorização, gestão e controlo de produção; e fornecimento de indicadores de eficiência, por dia, por turno e por unidade fabril de forma a obter o custo por quilograma de roupa lavada.

Para a concretização deste projeto foram instaladas dezenas de equipamentos nas várias unidades fabris. Todos os sistemas instalados integram o portefólio de soluções Vodafone IoT e são suportados pela rede de última geração da Vodafone.
O fornecimento sustentável de serviços de aluguer e limpeza de roupa é uma das principais âncoras da atividade da Elis (45% da faturação total), que opera em horários que acompanham a sazonalidade da hotelaria. Isto significa que trabalham em três horários durante cinco meses e os restantes meses em dois horários, gerindo, por isso, um alargado número de colaboradores nas suas unidades fabris e chegando a lavar em média mais de 160 toneladas diárias de roupa nas três unidades industriais em Portugal. Em 2017, a média semanal (5 dias) de roupa lavada foi de 600 toneladas.

Paralelamente, a solução instalada permite acautelar a redução da pegada ecológicas, assegurando uma atitude ambiental ativa. Por outro lado, com a identificação dos consumos energéticos e custos associados, as decisões de gestão tornam-se mais racionais e a medição da produtividade torna-se mais rigorosa e exigente. A implementação de todo o modelo, e acompanhamento pelo gestor, permite identificar disfunções industriais, na ótica preventiva e corretiva. Ou seja, a intervenção da manutenção permite antecipar situações de rutura, que implicariam paragens industriais.

Este projeto é mais um exemplo do nível de confiança que o mercado tem vindo a depositar nas múltiplas soluções da Vodafone e na capacidade de a Empresa desenvolver propostas agregadas de valor, contribuindo decisivamente para que o tecido empresarial português se posicione na linha da frente da transformação digital.

2018-06-15 | Atualidade Nacional

Operação deverá ser chumbada pelo regulador


2018-06-15 | Atualidade Nacional

Para pagar o empréstimo obrigacionista


Oferta de gigante de comunicações é de 65 mil milhões de dólares


2018-06-14 | Breves do Sector

Para responder às necessidades das empresas dentro e fora do escritório


2018-06-14 | Breves do Sector

Com vasto conjunto de soluções IoT